| Futebol

Wallace encontra dificuldades para explicar eliminação: "Não jogamos"

Zagueiro do Flamengo reconheceu a fraca atuação da equipe na derrota por <br>4 a 1 para o Atlético-MG, que ceifou o sonho do clube carioca de conquistar o título

 


"Não fazer o que o Corinthians fez". Esta era a receita de Wallace para evitar que o Atlético-MG eliminasse o Flamengo, na semifinal da Copa do Brasil. Entretanto, o Rubro-Negro não escapou de ser a nova vítima do Galo e, ao sofrer revés de 4 a 1, nesta quarta-feira, deixou a competição e o sonho do tetracampeonato (assista aos melhores momentos no vídeo acima).

Logo após o resultado, o zagueiro encontrou dificuldades para explicar o que acabara de acontecer no Mineirão, afinal, o time havia vencido por 2 a 0, no Maracanã, e detinha a vantagem.

- Não jogamos, não defendemos, não ficamos com a bola. Não fizemos nada do que tinha de ser feito. Não sei explicar, faltou atenção. Fizemos 1 a 0, o jogo estava equilibrado e conseguimos nos defender bem. Levamos um gol por uma bobeira nossa, e outro de forma infantil. O Atlético tem qualidade. Foi a nossa postura. Dói porque levar quatro gols depois de ter feito um, é lamentável. Qual explicação eu posso dar? Não tem explicação. Seria hipocrisia falar alguma coisa. Se tivéssemos sido mais atentos, concentrados, o jogo não teria sido 4 a 1. Agora é pensar no ano que vem.

A final da Copa do Brasil será disputada por Atlético-MG e Cruzeiro. A Raposa eliminou o Santos após empate em 3 a 3, na Vila Belmiro, nesta quarta.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.