| Futebol

Wallace festeja volta ao Flamengo, mas minimiza: "Não fez falta"

Depois de cumprir suspensão na derrota por 1 a 0 para o Grêmio, zagueiro está confirmado no confronto com o Goiás, quarta-feira, em Cuiabá, pelo Brasileiro

Wallace no treino do Flamengo (Foto: Marcos Tristão / Agência O Globo)Wallace está de volta ao Flamengo depois de dois jogos (Foto: Marcos Tristão / Agência O Globo)

Nos dois últimos jogos, o zagueiro Wallace ficou fora do time. O Flamengo conseguiu uma vitória por 3 a 0 sobre o Coritiba, que garantiu a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil, e perdeu por 1 a 0 para o Grêmio, com um gol no fim do jogo diante de um Maracanã lotado.

Além do zagueiro, o time também vai contar com a volta de Everton, que também cumpriu suspensão contra o Grêmio. O jogador vem sendo uma das principais armas ofensivas do Flamengo.

Contra o Grêmio, Wallace não atuou por suspensão. Na vitória sobre o Coritiba, a opção do técnico Vanderlei Luxemburgo foi para definir seu substituto. O zagueiro ficou feliz por voltar ao time, mas fez questão de elogiar quem esteve em campo.

- O Chicão foi muito bem. O time está fortalecido no grupo. Tinha perdido um pouco isso e o Vanderlei mostrou para a gente que era preciso reconhecer a limitação para sair da situação. Quem der uma brecha pode perder seu lugar. É bom voltar depois de dois jogos fora, um saco, mas independentemente de quem não jogou, não fez falta - afirmou Wallace.

Essa participação mais efetiva do grupo tem sido importante. O Flamengo perdeu Paulinho, que será submetido a uma cirurgia no joelho direito, até o fim do ano. Além disso, Luiz Antonio se recupera de uma luxação no ombro direito ainda sem saber quando voltará ao time.

Mesmo com esses problemas e poupando alguns jogadores, o Flamengo se manteve fiel a um estilo de jogo. Mesmo na derrota para o Grêmio, o time acabou saindo de campo aplaudido pelos mais 50 mil torcedores presentes.

- No ano passado, a gente reconhecia as nossas limitações e sabia a característica do time para vencer. A partir do momento em que vence nem todo mundo sabe lidar. Isso pesou, mas não pode pegar para o lado pejorativo. Tem muita coisa boa, mas no Flamengo tudo é muito falado para os dois lados - comentou Wallace.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.