Xeque-Mate

Xeque-Mate

Xeque-mate ou simplesmente mate, é uma expressão usada no enxadrismo para designar o lance que põe fim à partida, quando o Rei atacado por uma ou mais peças adversárias não pode movimentar-se para outra casa, tomar a peça que o ameaça ou bloquear o ataque com outra peça.

Mais uma vez nos vemos diante de um jogo que, mais que 3 pontos, pode valer um ano inteiro. Um ano de apoio ou de cobrança. Um ano de conquistas ou fracassos. Um ano mágico ou trágico.

A próxima jogada nesse tabuleiro de xadrez que é o Grupo D, pode significar muito para o que vem a seguir. Pode ser o Xeque, a favor ou contra o Flamengo. No xadrez, quando acontece apenas o “xeque”, o rei está ameaçado, mas ainda pode escapar.

Um time que joga pressionado, que mesmo vencendo não convence, com comando questionável e despreparado para um time da expressão do Flamengo. Esse é o Flamengo hoje, e que amanhã joga o jogo mais importante do ano até agora na Libertadores.

Não era para ser assim, mas mais uma vez tropeçamos nos próprios erros, em limitações que teimamos em expor e não buscamos tratar. Perdemos pontos quando não podíamos, demos sobrevida à adversários que estavam quase derrotados.

Mas… chegamos até aqui. E agora é buscar aquilo que perdemos lá atrás: Confiança, respeito e resultados. O apoio, mesmo distante, não vai faltar, como não faltou até o momento, mas por si só não é garantia de nada. Ele precisa ser correspondido em campo, não com pirotecnias como já sugeriram, mas com seriedade, vontade e principalmente o resultado.

Como no xadrez é hora de ser assertivo, decisivo e finalizar o adversário. Não podemos mais errar, pois um erro pode fazer com que o adversário nos tire da disputa. É hora de vencer, garantir a classificação e ter um pouco de paz e tranquilidade para a continuidade do trabalho.

Precisamos mais do que nunca que todos os que entrarem em campo tenham ciência que temos totais condições de vencer, mas tem que jogar como Flamengo, não o de agora, mas o de outrora, que era temido pelos adversários, que não se conformava com o resultado, que não recuava quando fazia um gol, que buscava incessantemente o resultado.

A próxima jogada é a jogada mais importante até o momento.

É hora de separar os homens dos meninos. É hora de chamar a responsabilidade e trazer a vitória.

Podemos garantir amanhã o xeque, e depois o mate será em um Maracanã lotado com sua torcida apoiando e cantando os 90 minutos.

Vamos buscar a vitória. Chegou a hora de colocar o sorriso no rosto dessa nação, que não merece mais sofrer.

SRN!

Jerônimo Simeão Júnior

Comente no Twitter usando a #ColunaDoJJ Concorda ou Discorda? Comente, cornete e se gostar Divulgue! Ah! e se quiser saber mais sobre o Mengão segue lá no Twitter @JeronimoSJunior! É Mengão 24 horas por dia!