Há 17 anos, o Flamengo batia o Palmeiras e faturava a Copa Mercosul, último título internacional do rubro-negro. Prestes a estrear na Copa Sul-Americana, a equipe prega foco total na competição e conta com uma espécie de amuleto para retomar o caminho das taças no continente sul-americano. As informações são do Lance!.

O experiente zagueiro Juan, 37 anos, fazia parte do elenco campeão em 1999. Após uma carreira de sucesso no futebol internacional, o defensor está de volta ao clube que o revelou. E o quão curioso seria se o Fla voltasse a vencer internacionalmente justamente na temporada que marcou o retorno do jogador? O elenco mostra motivação com o torneio:

– O Flamengo é grande e sempre entra nas disputas pensando em título. Estamos nas duas competições (Campeonato Brasileiro e Sul-Americana) para ganhar. Independentemente do time que vai jogar amanhã (hoje), o clube estará muito bem representado em campo. A Sul-Americana dá uma vaga na Libertadores, é uma competição internacional, que também pode dar retorno financeiro ao clube – disse o jogador rubro-negro, que espera dificuldades neste confronto - projeta Pará.

– Espero que possamos fazer um grande jogo contra o Figueirense. Eles estão mal no Brasileirão, mas é uma outra competição agora. Tenho certeza que farão de tudo para nos vencer. Precisamos ter foco total nessa partida. Esperamos fazer gols na casa deles - completa o lateral.

O técnico Zé Ricardo vai na mesma direção. O comandante flamenguista afirma que não irá priorizar nenhuma das competições, entrando com força em ambas:

– A Sul-Americana é um desejo do clube, mas temos que trabalhar desafio a desafio. Temos o Figueirense no Scarpelli, onde ele nos derrotaram esse ano. Não vamos priorizar competição A ou B – analisa o comandante rubro-negro.