Caso Portaluppi recuse a proposta do Fla, a diretoria rubro-negra já tem um 'plano B' traçado: transformar ​Maurício Barbieri, treinador interino, em um "novo Zé Ricardo". Hoje no Vasco, Zé assumiu o Fla interinamente após a saída de Muricy Ramalho (de quem era auxiliar), e acabou sendo efetivado após bons resultados.  

Barbieri, de 36 anos, foi um dos poucos profissionais a permanecer no clube após as demissões no Departamento de Futebol, motivadas pela eliminação no Carioca. Como destaca o ​UOL Esportes, o interino é visto como um nome promissor da nova safra. Sua filosofia de trabalho, mais moderna, é vista com bons olhos por parte da diretoria do Fla. 

Todavia, seu nome enfrenta certa resistência nos bastidores, por conta da inexperiência. Pela urgência de resultados imediatos, um treinador com pouquíssima rodagem pode resultar em novos fracassos na Copa Libertadores e no Campeonato Brasileiro.

​​