| Futebol

Zé Ricardo acredita que não deve ter Diego no primeiro turno do Brasileiro

Treinador do Flamengo afirmou que o jogador está entregue ao CEP e ainda não há a definição de quando deve estrear. Donatti e Damião são relacionados para domingo

flameng - Zé Ricardo acredita que não deve ter Diego no primeiro turno do Brasileiro

A empolgação por parte da torcida do Flamengo em ver Diego atuando com a camisa do Rubro-Negro terá que esperar mais um pouco. O meia, que realizou os primeiros trabalhos com a camisa do Mais Querido na quinta, foi avaliado pelo Centro de Avaliação em Performance do clube (CEP), por não jogar uma partida oficial desde que a temporada europeia se encerrou. Apesar de ainda não ter todos os resultados dos exames, o técnico da equipe, Zé Ricardo, acredita que não deve contar com o meia ainda no primeiro turno do Brasileirão, muito pela questão física do atleta de 31 anos.

- Não descartaria (contra o Atlético-PR), porque vou ter a avaliação total do CEP. Quando me disserem que ele tem condições, vou colocá-lo pra treinar. Se ele mostrar que pode render, pode ser contra o Atlético. Vejo um pouco mais difícil de ele estrear contra o Atlético. Se treinar bem e tiver condições mínimas que seja para aguentar nem que seja um tempo, não vejo problema algum. Agora a gente quer ele 100% fisicamente mesmo que seja para jogar só um tempo inteiro. Vamos ver com o CEP, mas acho difícil a presença dele no primeiro turno

Apesar da incerteza em relação ao novo camisa 35, Zé Ricardo tem motivos para comemorar. Pela primeira vez, a dupla Donatti e Leandro Damião será relacionada para uma partida oficial. Nessa semana, eles participaram do jogo-treino contra o Bangu, na terça, e se movimentaram bastante. Zé também explicou o motivo de ter segurado os dois por tanto tempo, e ressaltou a preocupação com a adaptação.

- Estão relacionados para a viagem, são dois jogadores com qualidades. Damião é um artilheiro, com passagens vitoriosas, não teve grandes passagens nas últimas equipes, mas confiamos de que pode recuperar. Donatti conhecemos menos, estamos tendo um pouquinho mais de cuidado com adaptação. Ele se apresentou com quase 47 dias de inatividade, estamos tendo uma preparação paulatina com ele. Ele participou de dois jogos-treinos, e vamos o preparando paulanatimente. Há um tempo atrás tivemos problemas com a zaga

Flamengo, ainda assim, deve ter um desfalque para a partida de domingo, contra o Coritiba. O lateral-esquerdo Jorge, que sentiu dores no joelho momentos antes do duelo contra o América-MG, não treinou mais uma vez e deve ser substituído por Chiquinho. A atividade ficou marcada pela presença do pentacampeão mundial Rivaldo, que foi assistir seu sobrinho, Romildo, da equipe Sub-20.



Confira outras respostas de Zé Ricardo na coletiva desta sexta-feira:

Flamengo bem como visitante

Parece coincidência, mas como a gente não tem o Maracanã, que é a nossa casa, a gente tem de jogar igual de toda forma em casa ou fora. A gente tem mais que o dobro de quilômetros voados do que o Palmeiras. São 40 mil km nossos e 20 mil km do Palmeiras. Isso é um dado importante, porque com certeza é um desgaste a mais, mas já sabíamos disso. Essa questão de ser um dos melhores visitantes é porque temos de ser iguais em todo lugar. Temos que fazer das dificuldades uma motivação a mais para brigar cada vez mais no topo da tabela.

Qual a maior busca do Fla atualmente?

É preciso equilíbrio. O adversário pode sair mais ou não num jogo. Nossa ideia é que, independentemente do lugar onde o Flamengo jogue, é tentar jogar. Não é uma transformação fácil, mas temos jogadores inteligentes e de boa condição técnica. Todas equipes passam por momento de desequilíbrio, mas o Flamengo busca esse equilíbrio para chegar equilibrado no restante da competição.

Diego

Foi um encontro rápido, a gente trocou poucos palavras. Externei a felicidade de tê-lo aqui e disse a ele que estamos aqui para materializarmos as expectativas dele. Estamos aqui para sermos facilitadores para ele seja muito feliz no período em que vai ficar no Flamengo. Diego está entregue ao CEP. Quando tiver condições de vir pra campo, eles vão me sinalizar. Está fazendo uma bateria de exames e testes para saber qual carga vamos poder passar para ele em campo. Temos os mesmos cuidados com Donatti e Damião para que possam estrear com saúde.

Jorge faz teste no sábado para saber se joga?

Substituto imediato do Jorge é o Chiquinho, temos confiança total no Chiquinho. Está fazendo trabalhos no CEP, amanhã ele deve ir pra campo e vamos ver se tem condições de jogo ou não. Se o Jorge tiver condições, vai pro jogo.

Pensamento na Sul-Americana e necessidade de elenco grande.

Flamengo entra na Sul-Americana para vencer, é uma competição que a gente não tem. É um mata-mata com 10 jogos e que vale vaga na Libertadores. O campo vai dizer quem estiver melhor para escalarmos. 

Tecnologia no futebol

Sou a favor, porque tudo evoluiu no futebol. Gosto de trabalhar com números, estatísticas... Não ganha jogo, mas ajuda demais. Temos o exemplo claro do que aconteceu com Alan Patrick. Ele estava com os mesmos sintomas, ficou fora contra Atlético e Botafogo, mas retornou bem contra o América. Provavelmente se tivéssemos esticado mais a corda, poderia trazer lesão e traria prejuízo enorme, porque o Alan é talentosíssimo, é um jogador inteligente e que tem muito a agregar para a nossa equipe. Concordo com o CEP. Não tinha motivo investir tanto no CEP e não usá-lo na condição plena.

Se fosse uma final de Libertadores, Sul-Americana, poderíamos até utilizar um jogador fora de sua condição ideal.

Rivaldo no Ninho e papo com ele

Fui tietar o Rivaldo, torci pra caramba por ele, foi um dos grandes jogadores que tivemos no Brasil. Recentemente foi um dos tops, é impressionante como jogava com talento individual e para a equipe. Dos jogadores que mais me chamava atenção quando jogava. Em 2002, no Mundial foi peça-chave assim como o Ronaldo.


Motivo da visita de Rivaldo

Veio ver o Rodrigo (Caetano). Se não me engano, jogou com Rodrigo em seu início no Mogi Mirim, não sei se houve outro motivo específico. É sempre bom receber presença de um atleta com tamanho energia, tomara que influencie os rapazes que estavam batendo falta no momento do jogo.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2016/07/ze-ricardo-acredita-que-nao-deve-ter-diego-no-primeiro-turno-do-brasileiro.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.