| Futebol

Zé Ricardo comemora vitória "para não ficar longe dos primeiros colocados"

Técnico elogia atuação contra o Coritiba no Couto Pereira: "Partida muito difícil"

flameng - Zé Ricardo comemora vitória "para não ficar longe dos primeiros colocados"

A vitória do Flamengo por 2 a 0 sobre o Coritiba foi muito comemorada pelo técnico Zé Ricardo, que destacou a importância de o clube não ficar longe dos primeiros colocados do Campeonato Brasileiro. Sobre Guerrero, que marcou pelo terceiro jogo seguido, uma palavra: "Incontestável". 

- Resultado importante, partida muito difícil. Coritiba ainda não tinha sido derrotado aqui no Couto, vinha crescendo. Tínhamos de estar concentrados. Partida não foi de nível alto, mas a partir da metade do primeiro tempo controlamos um pouco mais o jogo. No segundo, após o primeiro gol, o Coritiba tinha dois atacantes mais de referência e isso dificultou um pouco. Foi um bom jogo para a gente, porque a gente não queria ficar muito distante dos primeiros colocados. Sabemos que Corinthians e Santos venceram. 

Gol de Cirino

- Marcelo (Cirino) ficou duas rodadas sem jogar. Ele estava numa sequência muito grande de 12 jogos, decidimos preservá-lo. Atleta importante, de capacidade física, de jogadas pelo lado direito. Com o Coritiba saindo mais, o gol acabou acontecendo.

Estreia de Donatti

- Donatti entrou e entrou bem. Sabíamos que não conseguiria jogar o tempo todo. Acabou ocorrendo a saída do Juan por precaução, e o Donatti foi bem.

Guerrero

Zé Ricardo Flamengo (Foto: Richard de Souza/ Globoesporte.com)Zé Ricardo Flamengo (Foto: Richard de Souza/ Globoesporte.com)

- A condição técnica do Guerrero é incontestável. Grande artilheiro, grande jogador. Sabíamos que se ele se sentisse bem no grupo, teríamos o melhor dele. Isso está acontecendo jogo a jogo. Estabelecemos algumas zonas de atuação para ele no campo para ele conseguir render. Além disso, ajuda na marcação. 

Outras opções na frente

- Leandro (Damião) e Vizeu são opções muito grandes. Os dois estão motivados, trabalhando juntos. Flamengo está bem servido na posição. Para as duas competições que temos, certamente vamos precisar dos três. 

Título é possível?

- Em todos os jogos, a diferença acaba sendo a quantidade de nossa torcida. Teríamos de transformar em motivação. Maracanã só teremos no fim da competição. Queremos chegar lá em condições de brigar pelo título do Brasileiro. Ainda faltam 21 jogos, teremos mais dois essa semana e depois todo o returno. Com a chegada dos reforços e com o que a gente tinha no plantel, Flamengo tem que se credenciar para brigar nas duas competições. Quando se joga bem, estamos próximos da vitória. 

Time com maturidade

- Jogo contra o América-MG teve característica diferente, postura defensiva no primeiro tempo. Cada jogo tem a sua história. Importante é ter consciência e maturidade para entender o jogo, entender a proposta do adversário. Feliz pelo time, fez um semana boa no CT. Com o poder que temos do meio para frente, possivelmente vamos criar condições de gol. 

Quem usar contra o Santos?

- Não sei ainda. Poupamos o Réver, que vinha de longa sequência. Por precaução, a gente quer continuar com nível baixo de lesões. O Juan sentiu incômodo na panturrilha esquerda, tiramos por precaução. Não podemos correr o risco de perdê-lo. Sobre as outras alterações, vamos mudar um pouco mais. Santos joga numa intensidade alta. Se não estivermos bem fisicamente, vamos sofrer. 

Qual é o time ideal?

- Confesso que ainda não tem equipe ideal, estou tentando valorizar cada vez mais nosso elenco. Vão ser solicitados. Exemplo é o Chiquinho, que está há muto tempo sem jogar. Jorge teve um problema antes do jogo, aguentou o jogo. 

Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2016/07/ze-ricardo-comemora-vitoria-para-nao-ficar-longe-dos-primeiros-colocados.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.