| Futebol

Zé Ricardo e a dicotomia entre o novo e o velho

flameng - Zé Ricardo e a dicotomia entre o novo e o velho

Zé Ricardo é o treinador que tem a sorte de ter tudo que outro técnico jamais teve no clube ao mesmo tempo, é considerado moderno e estudioso, mas erra quando toma atitudes iguais aos considerados ultrapassados.

Nenhum outro treinador na Gávea, teve estrutura para trabalhar, elenco forte, bom clima político e diretores profissionais ao mesmo tempo. Esses itens são essenciais para um trabalho a curto, médio e principalmente longo prazo. E hoje, Zé Ricardo pode desfrutar de tudo isso para trabalhar tranquilamente, só que não muito, pois o Flamengo é pressão e sempre será pressão, não ganhar o título da Taça Guanabara foi uma amostra grátis de como a torcida lida com fracassos.

No jogo de ontem contra a Universidad Católica, fora de casa, Zé Ricardo promoveu a entrada de Márcio Araújo no lugar de Mancuello, alterando o esquema usual do Flamengo. Há muito tempo que o time não entra três volantes, creio eu que desde o treinador Cristóvão Borges. Ano passado o time teve a segunda melhor campanha fora de casa no Brasileirão, sem precisar jogar recuado em nenhum dos jogos, enfim, o Flamengo entrou ontem pra não perder, e sempre que entra assim, acaba perdendo.

O maior ídolo do Flamengo, Zico, em entrevista, foi sucinto ao descrever a atitude de Zé Ricardo ontem:  “O Zé Ricardo se preocupou mais com o time adversário do que com o Flamengo”. E realmente foi isso que acabou acontecendo, o Flamengo ontem perdeu por não reconhecer a sua própria força.

O técnico Zé Ricardo é ainda muito jovem, e não precisa de usar táticas de treinadores ultrapassados para ganhar na Libertadores fora de casa, a escalação de ontem seria assinada por mais de 80% dos treinadores brasileiros, porém ano passado a torcida ao preferir Zé ao medalhão Abel Braga, a torcida queria dizer que preferia apostar em algo novo. Zé Ricardo não pode abandonar uma de suas principais virtudes que é ser um treinador ousado e que encara de frente qualquer time, em qualquer situação.

Saudações RN.

Por: Wesley Paulo

 

 

Fonte: http://colunadoflamengo.com/2017/03/ze-ricardo-e-dicotomia-entre-o-novo-e-o-velho/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.