'Zé Ricardo em dia de Dunga no empate do Flamengo no Maraca'

'Zé Ricardo em dia de Dunga no empate do Flamengo no Maraca'

Uma das principais razões do fracasso de Dunga é a teimosia. A incapacidade e a falta de vontade de mudar um jogo, de alterar o esquema tático quando percebia que não estava dando certo, que se tornara previsível para o adversário.

Ze Ricardo tem sido o contrário disso. Tem alternado o jeito de Flamengo se portar em campo, jogo a jogo ou mesmo mais de uma vez durante um jogo.

Neste domingo, o treinador rubro-negro mexeu errado no intervalo, ao substituir o contundido Gabriel pelo argentino Mancuello. Matou a jogada pela direita que mantinha o Coritiba recuado e concentrou o jogo pelo meio. Fez o Coxa crescer e passar a mandar na partida.

Mas o pior estava por vir. E Zé teve um dia de Dunga. Teimoso, decidiu manter o esquema trocando Everton, um dos melhores em campo, por Fernandinho. Perdeu a chance de mudar de novo, abrir passagem outra vez pelas pontas e recuperar o domínio do jogo. Algo que parecia tão óbvio que a torcida vaiou fortemente a substituição - coisa rara na vida do treinador.

A teimosia custou caro. Sem o jogo de pontas que garantira o inicio avassalador no primeiro tempo, o Flamengo virou presa fácil e o empate foi uma questão de tempo, em que pese as chances perdidas pelo próprio Fernandinho e Guerrero em contra-ataques.

O resultado foi um desastre. O Flamengo perdeu não apenas as remotas chances de título, mas principalmente colocou em risco a terceira posição e a vaga do time para a Libertadores sem ter de disputar a fase de classificação.

O que resta é bola pra frente. E que Zé volte a ser mais Tite do que Dunga.