| Futebol

Zé Ricardo exalta vitória quem mantém Fla no topo

Com o resultado deste domingo, a equipe está a três pontos do líder

flameng - Zé Ricardo exalta vitória quem mantém Fla no topo

Foto: Giuliano Gomes/ PR Press

Na tarde deste domingo (31), o Flamengo venceu o Coritiba por 2 a 0 no Couto Pereira, quebrando a invencibilidade da equipe paranaense jogando no estádio neste Brasileirão. Ciente da dificuldade da partida, o técnico Zé Ricardo exaltou o feito do Rubro-Negro, que cresceu no segundo tempo do jogo e contou com gols de Guerrero e Cirino.

O Mengão está a três pontos do líder e conta com você para ficar cada vez mais forte! Clique aqui e seja sócio-torcedor.

Confira os principais trechos da coletiva:

Análise da partida

- Resultado importante, uma partida muito difícil. O Coritiba ainda não tinha sido derrotado aqui no Couto Pereira (neste Brasileirão), vinha crescendo. Tínhamos de estar concentrados. A partida não foi teve nível alto, mas a partir da metade do primeiro tempo controlamos um pouco mais o jogo. No segundo, após o primeiro gol, o Coritiba tinha dois atacantes mais de referência e isso dificultou um pouco. Foi um bom jogo, porque a gente não queria ficar muito distante dos primeiros colocados. Sabemos que Corinthians e Santos venceram. 

Gol de Cirino

- O Marcelo (Cirino) ficou duas rodadas sem jogar. Ele estava em uma sequência muito grande, de 12 jogos, decidimos preservá-lo. É um atleta importante, de capacidade física, de jogadas pelo lado direito. Com o Coritiba saindo mais, o gol acabou acontecendo.

Estreia de Donatti

- Donatti entrou e entrou bem. Sabíamos que não conseguiria jogar o tempo todo. Acabou ocorrendo a saída do Juan por precaução, e o Donatti foi bem.

Guerrero

- A condição técnica do Guerrero é incontestável. Grande artilheiro, grande jogador. Sabíamos que se ele se sentisse bem no grupo, teríamos o melhor dele. Isso está acontecendo jogo a jogo. Estabelecemos algumas zonas de atuação para ele no campo para ele conseguir render. Além disso, ajuda na marcação. 

"Dor de cabeça" boa

- Leandro (Damião) e Vizeu são opções muito boas. Os dois estão motivados, trabalhando juntos. O Flamengo está bem servido nesta posição. Para as duas competições que temos, certamente vamos precisar dos três.
 
Dá para pensar em título?

- Em todos os jogos, a diferença acaba sendo a quantidade da nossa torcida. Teríamos que transformar em motivação. O Maracanã só teremos no fim da competição. Queremos chegar lá em condições de brigar pelo título do Brasileiro. Ainda faltam 21 jogos, teremos mais dois essa semana e, depois, todo o returno. Com a chegada dos reforços e com o que a gente tinha no plantel, o Flamengo tem que se credenciar para brigar nas duas competições. Quando jogamos bem, estamos próximos da vitória. 

Evolução do time

- O jogo contra o América-MG teve uma característica diferente, uma postura defensiva no primeiro tempo. Cada jogo tem a sua história. O importante é ter consciência e maturidade para entender o jogo, entender a proposta do adversário. Estou feliz pelo time, que fez um semana boa no CT. Com o poder que temos do meio para frente, possivelmente vamos criar condições de gol. 

Escalação contra o Santos

- Não sei ainda. Poupamos o Réver, que vinha de longa sequência. A gente quer continuar com nível baixo de lesões. O Juan sentiu incômodo na panturrilha esquerda, o tiramos por precaução. Não podemos correr o risco de perdê-lo. Sobre as outras alterações, vamos mudar um pouco mais. O Santos joga numa intensidade alta. Se não estivermos bem fisicamente, vamos sofrer. 

Equipe ideal

- Confesso que ainda não tem equipe ideal, estou tentando valorizar cada vez mais nosso elenco. Vão ser solicitados. Um exemplo é o Chiquinho, que está há muto tempo sem jogar e aguentou bem o jogo.

Fonte: http://flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/23820/ze-ricardo-exalta-vitoria-quem-mantem-fla-no-topo

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.