| Futebol

Zé Ricardo faz um ano de Flamengo com números melhores que os de antecessores

flameng - Zé Ricardo faz um ano de Flamengo com números  melhores que os de antecessores

A pressão e as críticas aumentaram nas últimas semanas, mas Zé Ricardo já é o técnico com melhor aproveitamento e mais jogos dos últimos anos no Flamengo, que hoje encara o Atlético-PR, às 16h. Amanhã, o treinador completa um ano à frente da equipe — sua estreia foi diante da Ponte Preta, no Brasileiro de 2016. De lá para cá, ele sentiu do cheirinho de hepta ao gosto amargo da eliminação na Libertadores. Mas, apesar das reclamações dos torcedores por conta de suas escalações e das recentes más atuações do time, Zé Ricardo tem números que o mantêm no cargo, com um título conquistado, o Estadual deste ano.

O aproveitamento de 66,6% é superior ao dos antecessores da atual gestão e só não ultrapassa os 69% de Andrade, campeão brasileiro em 2009, mas com menos jogos. A regularidade é o que mantém o técnico de 45 anos prestigiado entre dirigentes. Desde que assumiu de forma interina, o ex-treinador do Sub-20 demonstrou ser conhecedor de futebol e fez um time limitado na ocasião ganhar um padrão muito rapidamente. Algo que Muricy Ramalho não conseguiu antes de sair por problemas de saúde.

Logo na estreia, Zé Ricardo demonstrou predileção por um estilo de jogo competitivo e com muita posse de bola. Mas, embora tenha dado uma cara ao Flamengo, sofreu com derrotas inesperadas que minaram a confiança do torcedor, como a queda na Sul-Americana de 2016.

DO CÉU AO INFERNO EM DEZ DIAS

Em 2017, Zé Ricardo foi do céu ao inferno com o primeiro título no profissional, o Estadual, e a eliminação na Libertadores, dez dias depois. Suas escolhas passaram a ser questionadas de forma mais contundente, embora entre jogadores e diretoria o respaldo ao trabalho seja grande. Entrou em cena então a característica que o comandante disse sempre ter buscado aperfeiçoar: lidar de forma equilibrada com vitórias e derrotas.

Mas o treinador, que sentiu na pele a decepção por uma eliminação importante, precisa reagir. Desde a queda na Libertadores, o abatimento é grande. E a equipe demora a voltar a apresentar o padrão de jogo do ano passado, que levou o time a ficar em terceiro lugar no Brasileiro. Um ano depois de assumir o time, Zé Ricardo já é cobrado como qualquer técnico mais experiente no Flamengo. Voltar a disputar a Libertadores e conquistar títulos mais significativos viraram obrigação.

Fonte: https://extra.globo.com/esporte/flamengo/ze-ricardo-faz-um-ano-de-flamengo-com-numeros-melhores-que-os-de-antecessores-21404251.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

1 Comentário

Nonato LeiteHá 1 mês

Esse time do Flamengo é o melhor em muitos anos. Zé Ricardo está, em não saber tirar o que o jogador pode render, matando a possibilidade de títulos do Flamengo para esse ano. A Libertadores já foi, Copa do Brasil escapou por um triz, o Campeonato Brasileiro já começou escapar por entre os dedos com duas possibilidades de vitória claríssima. Quanto a diretoria acordar, não teremos mais tempo para nada!Fora Temer!Fora Zé Ricardo!

Carregar mais