Há dois meses no comando técnico do Flamengo, Zé Ricardo agora fala com a confiança de quem foi efetivado no cargo. Após a vitória contra o América-MG, que colocou a equipe a apenas dois pontos do G-4 do Brasileirão, o treinador foi só elogios a seus comandados. Para Zé, o grupo está sabendo colocar as vaidades de lado e trabalhar em prol do clube.

- Sabemos que não é fácil, todos querem jogar e só existem 11 vagas para iniciar a partida. Mas mostramos para eles que o Flamengo sempre deve estar primeiro lugar. Criar para o coletivo é a visão mais importante (...) Os gols que precisam sair são os do Flamengo. Se for do Paolo ou do Vizeu, isso vai ficar em segundo plano. Tentar transmitir essa mensagem, de que a vaidade não pode estar na frente do coletivo, é como temos tratado eles. Tenho orgulho de falar que tenho um grupo muito bom nas mãos, não só tecnicamente - analisou.

- Nesses dois meses não tive qualquer tipo de problema e isso que nos dá muito gás para continuar buscando nossos objetivos. Devagarinho a equipe vamos crescendo e assim vamos tentar construir um grupo forte e que o Flamengo seja o principal favorecido - completou o técnico.

O comandante rubro-negro também fez questão de exaltar a chegada de reforços. O grupo, que já não é pequeno, recebeu recentemente nomes como Alejandro Donatti, Leandro Damião e Diego. Jogadores com peso para chegar e disputar a titularidade. Zé Ricardo acredita que os novos atletas são vitais se o Fla deseja objetivos grandes em 2016. 

- Pensamos que para disputar o Campeonato Brasileiro a Copa Sul-Americana é necessário fazer um grupo forte. A chegada desses atletas mostra isso (...). Estamos tentando criar o melhor ambiente para os atletas. Fortalecer o elenco nesse momento era o que precisávamos, já que o Paolo sempre é convocado, além das contusões, lesões e cartões. Acreditamos na formação de um elenco forte - concluiu o treinador.