| Futebol

Zé Ricardo ressalta força da Nação Rubro-Negro e destaca: "Emocionante!"

Técnico deu entrevista coletiva nesta terça-feira no Ninho; Amanhã tem Palmeiras x Flamengo

flameng - Zé Ricardo ressalta força da Nação Rubro-Negro e destaca: "Emocionante!"
Após o treinamento desta terça-feira, o técnico do Flamengo Zé Ricardo concedeu entrevista coletiva aos jornalistas presentes no CT George Helal, o Ninho do Urubu. O comandante rubro-negro falou por cerca de trinta minutos, destacou o adversário, o retorno de Éverton e, principalmente, a força da Nação Rubro-Negra. 

Sócio-torcedor tem mais Flamengo em vídeos da FlaTV Nação Rubro-Negra, com entrevistas exclusivas dos jogadores! Clique e sinta o orgulho de ser sócio-torcedor.


Caráter decisivo da partida contra o Palmeiras
A saudade da nossa torcida carioca é muito grande, de nossa parte e da deles. O jogo tem uma importância muito grande, mas não é decisivo. Tem sua importância pela questão matemática e pela questão da confiança, de continuarmos em um caminho crescente. Caso a distância em pontos entre as equipes fosse muito grande, talvez a partida tivesse um caráter decisivo, mas não vejo dessa forma pois, caso uma das equipes vençam a partida ou termine em um empate, ainda há 13 rodadas pela frente. Precisamos trabalhar jogo a jogo. 

Apoio da Nação
É compreensível todo esse entusiasmo por parte da torcida. Os atletas vem reconquistando a confiança deles a cada partida mostrando um espírito de luta e competitividade. É isso que o torcedor espera, ver os jogadores lutando a cada lance. Fico feliz por esse apoio incondicional do torcedor. Será mais um incentivo para fazermos uma grande partida amanhã.

Volta de Éverton à equipe após ser poupado na última partida
O Éverton volta ao time. Estávamos preocupados com a questão física dele. Ele é um jogador que faz uma quilometragem muito alta em todas as partidas e preferimos poupá-lo. Se fosse o caso, ele poderia ter entrado durante o jogo contra o Vitória, mas o Fernandinho deu conta do recado, tanto que optamos pela entrada do Alan Patrick posteriormente. Ele está recuperado e em condições de jogo.

Ausência de Guerrero do time titular
Guerrero se apresentou à seleção peruana após a partida contra a Chapecoense, retornou na véspera do jogo contra o Vitória e optamos por não levá-lo como titular na ocasião, mas ele poderia ter entrado em campo em caso de necessidade nossa. Felizmente, o jogo não se desenhou dessa forma. Hoje ficamos sabendo que ele teve uma gastrointerite ontem à noite. Ele está na relação para o jogo de amanhã, mas provavelmente não começará jogando.

Importância da provável não participação de Gabriel Jesus no confronto contra o Palmeiras
Ele é o atacante de melhores condições no futebol brasileiro. Creio que isso faça diferença. No entanto, o Cuca tem à sua disposição Rafael Marques, Lucas Barrios e Érik, todos jogadores que têm potencial para decidir uma partida.  Sabemos que o Gabriel faz falta à equipe do Palmeiras, mas creio que não teremos uma vantagem tão grande assim pois o elenco deles é muito forte e tem peças de reposição à altura.

Expectativa de desempenho da equipe
Vamos encarar como uma partida que pode nos proporcionar uma confiança muito grande em caso de vitória, mas o importante é mantermos nossa performance e aplicarmos o que preparamos durante os treinos, o que estamos construindo como estrutura de jogo. Precisamos focar nisso para que não nos prejudiquemos. O Palmeiras é um time fortíssima, que tem o melhor o ataque da competição e muita qualidade nas jogadas de bola parada. É fundamental estarmos atentos a isso. Se conseguirmos um resultado positivo lá, certamente a confiança aumentará.

Concorrentes ao título
Acho que é difícil fazer um prognóstico. Ontem acompanhei na TV como só comentavam sobre Atlético-MG, Palmeiras e Flamengo como candidatos ao título. No entanto, há outros clubes com potencial de brigar lá em cima. O Fluminense, por exemplo, mostrou-se muito forte na partida contra o Atlético-MG, principalmente na segunda etapa. Eles estão a apenas três pontos do G-4. Creio que ainda seja muito cedo para apontarmos a disputa apenas entre uma, duas ou três equipes.

Jogo decidido nos detalhes
Estou visualizando uma partida muito intensa, com as duas equipes procurando ocupar bem os espaços e marcar forte. Quando os dois times entram em campo com essa proposta de jogo, os confrontos acabam sendo decididos nos detalhes. Nosso elenco está amadurecendo a cada momento. As dificuldades de recuperação durante as performances vêm diminuindo bastante. Viemos trabalhando principalmente o psicológico dos atletas para que pudéssemos absorver melhor momentos de desvantagem, pois em um jogo equilibrado, com duas equipes fortes como essas, ambas as equipes terão oportunidades no decorrer do jogo. Nosso foco é tentar diminuir ao máximo nossos erros e aproveitar as chances que tivermos.

Retorno ao Pacaembu contra o Figueirense após título da Copa São Paulo de Juniores 2016
Assim que soube que a partida seria no Pacaembu passou um filme na minha cabeça. Quando começou o ano, se alguém dissesse que eu estaria sentado aqui, comandando a equipe profissional após o título da Copinha, talvez eu não acreditasse. Isso é fruto de muito trabalho. O grupo que disputou aquela competição conosco era sensacional, e encontro similaridade com o elenco que temos no profissional hoje, porque o ambiente dos atletas e da comissão técnica era fantástico. Foi inesquecível. Considero aquele título como a maior conquista da qual pude participar até o momento. Estar onde estou hoje é motivo de muita honra e é uma responsabilidade muito grande. Trabalho muito para corresponder à altura e fazer jus à confiança depositada em mim.

Equilibrar a razão e a emoção em momentos importantes da temporada
Equilíbrio é poder chegar aos extremos sem particularmente entrar neles. É algo difícil para qualquer pessoa e temos trabalhado isso diariamente, nas preleções, nos pós-jogos e, principalmente, dentro de campo. Temos atletas que vivenciaram isso uma, duas vezes, e atletas mais experientes, que já jogaram na Europa, na seleção brasileira. Jogadores que podem conversar com os atletas mais jovens. Mas é impressionante como todos estão entendendo que esse é um momento que devemos alimentar, mas sem euforia exacerbada para não nos atrapalharmos.

Elogio dos atletas ao trabalho realizado
Acho que a confiança e o respeito vem no dia a dia. É preciso mostrar que você está acompanhando, ser detalhista em todos os pontos. O futebol, como todos os esportes de alto rendimento, exige isso. É necessário sempre respeitar os atletas, dialogar bastante, mas sempre mostrando e se posicionando com relação a um caminho. Agradeço os elogios, pois é muito importante ter a confiança de todos para quem está começando. Eles são os protagonistas e nós apenas indicamos o caminho. Dessa forma, criamos o máximo de respeito de forma muito fiel ao trabalho. "Treinabilidade", para mim, é o que mais importa. Um atleta não pode jogar aquilo que ele não tem. Dessa forma, conseguimos valorizar alguns jogadores que estavam por baixo e agora estão rendendo muito mais, o que é importante para o clube. Fico feliz por termos conseguido estabelecer essa relação de confiança.

Festa da Nação no aeroporto
Realmente é muito impressionante. Chega até a arrepiar. A torcida do Flamengo é fantástica, nos apoia muito e, nesse momento, não poderíamos esperar uma reação diferente dela. Espero que isso nos empurre para um grande jogo e para uma boa vitória amanhã.

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/24097/ze-ricardo-ressalta-forca-da-nacao-rubro-negro-e-destaca-emocionante

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.