| Futebol

Zé Ricardo roda elenco e abre brecha para usar Mancu e Patrick juntos no Fla

Argentino se destaca na função de meia, mas treinador avalia usá-lo mais recuado. Jayme de Almeida lembra que opção precisa ser mais treinada antes de ir a campo

flameng - Zé Ricardo roda elenco e abre brecha para usar Mancu e Patrick juntos no Fla


Mancuello de volta e jogando bem. Canteros e Cuéllar em campo. Gabriel com oportunidade. A vitória por 2 a 0 sobre o Atlético-MG foi muito comemorada no Flamengo pelos cinco desfalques - Rodinei, Ederson, Alan Patrick, Guerrero e, de última hora, Everton - e também para rodar parte de elenco com mais de 30 jogadores. Nesta partida, ainda viajaram o lateral Thiago Ennes e Lucas Paquetá. O bom jogo de Mancuello animou a torcida, que cobrava chance para o meia, titular apenas pela segunda vez com o técnico Zé Ricardo.

Um dos destaques do time, Mancuello mostrou o quanto pode ajudar o time em uma das funções de meio de campo que Zé Ricardo escolher. O treinador comentou recentemente que Mancu pode ser um volante de saída de jogo pela esquerda - posição que se encontrou nos tempos de Independiente - ou pode atuar como meia-atacante mais próximo dos jogadores de frente.

Sem Alan Patrick, lesionado, coube ao argentino fazer a segunda função imaginada por Zé. Se o jogador tem mais costume de recuar e naturalmente cair para a esquerda, foi em jogada característica de Patrick que Mancuello deixou Felipe Vizeu na cara do gol. A mudança do sistema de jogo e a escalação dos dois juntos ainda parece distante do pensamento da comissão tcnica, mas a boa atuação de Mancu abriu essa brecha. Foi apenas a segunda vez que o argentino foi titular com o técnico interino do Flamengo.

Uma das peças de luxo de um banco de reservas que vale mais de R$ 2 milhões - e ainda vai ganhar o reforço de Leandro Damião - o atacante será confirmado como novo atacante do Flamengo ao longo da semana -, Mancuello fez o simples e mostrou eficiência na vitória por 2 a 0 sobre o Atlético-MG. Deu toques de primeira - como no gol de Vizeu -, ajudou Jorge a subir pela esquerda, fechou o setor por esse lado e também se posicionou mais centralizado, como jogaador de referência na criação. Quando se observa o posicionamento e a movimentação do argentino, comparado ao tipo de jogo de Alan Patrick, é possível perceber que os jogadores podem se completar dentro de campo. Jayme, que participou da coletiva de imprensa devido a suspensão da partida de Zé Ricardo, disse que a possibilidade precisa ser treinada.

- Tem que treinar mais, estamos sempre trabalhando para quarta e domingo, descansando para jogar também. Tem que trabalhar em cima disso, não pode montar um time sem treinar bastante. Tem que ir aos poucos. Vai treinando, vai testando, quando sentir que está bem, vamos tentar fazer nos jogos também - disse o auxiliar.

Em entrevista ao Facebook do Flamengo, Zé Ricardo comentou que enxergava Mancuello atuando “centralizado, tanto de médio volante como mais avançado”, pela qualidade do passe, de finalização, a boa bola parada e também pela competitividade em campo. Contra o Botafogo, o time de Zé pode ter a volta de Alan Patrick, que faz tratamento integral para se recuperar de lesão, e a chance de novas alternativas de organização do time em campo.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2016/07/ze-ricardo-roda-elenco-e-abre-brecha-para-usar-mancu-e-patrick-juntos-no-fla.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

2 Comentários
image

LÁZARO JEFFERSON VAMOS SER SOCIO-TORCEDORHá 5 meses

MEU TIME IDEAL QUANDO TIVER TODO MUNDO A DISPOSIÇÃO= ALEX MURALHA, RODINEI, DONATTI, JUAN E JORGE, WILIAN ARÃO, MANCUELLO E ADRYAN, EDERSON, EVERTON E GUERRERO

image

LÁZARO JEFFERSON VAMOS SER SOCIO-TORCEDORHá 5 meses

MEU TIME IDEAL QUANDO TIVER TODO MUNDO A DISPOSIÇÃO= ALEX MURALHA, RODINEI, DONATTI, JUAN E JORGE, WILIAN ARÃO, MANCUELLO E ADRYAN, EDERSON, EVERTON E GUERRERO

Carregar mais