Zé Ricardo: "Temos que reconhecer e ver no que evoluir"

Zé Ricardo: "Temos que reconhecer e ver no que evoluir"

Zé Ricardo quer que equipe aprenda com as falhas

Após a derrota na partida deste sábado (13) para o Sport, pelo Brasileirão, o técnico do Flamengo, Zé Ricardo, comentou a atuação do Mais Querido. Segundo o treinador, o adversário mereceu a vitória e este jogo será tomado como"referência negativa".

Veja os principais trechos da coletiva:

Vitória incontestável do Sport
Concordo com eles (jogadores), a vitória do Sport foi incontestável. Não conseguimos, com exceção dos 15, 10 minutos, ficar conscientes no jogo. Desconectamos os setores, demos muito campo para o Sport, sobretudo no primeiro tempo. Quando se joga mal, tem que se reconhecer e ver no que temos de evoluir. O setor de criação foi nosso ponto fraco, não conseguimos organizar as jogadas, reter a bola, aproximar do primeiro setor de ataque. A saída de bola também foi prejudicada, porque o time se movimentou pouco. Tem que ser uma partida tomada como referência negativa. Fizemos uma partida abaixo da nossa crítica.

Guerrero
Os zagueiros do Sport estavam fazendo a marcação bem feita no Guerrero, e acredito que tenha sido jogo de corpo (o lance em que não foi marcada falta no atacante e o peruano tomou cartão amarelo que causou sua suspensão para o próximo jogo), briga por espaço, e o juiz interpretou que não foi falta. Mas, mesmo não sendo marcada a falta, tem que se conter e evitar esse tipo de cartão. Isso foi apenas um detalhe num jogo que a gente foi bastante abaixo do esperado

Substituições
A gente percebeu que não estava numa tarde esperada tecnicamente, errando bastante, dando oportunidades em demasia para o Sport. Procuramos dar uma mexida para buscar o bom jogo, mas as peças que entraram acabaram não rendendo tão bem. Essa derrota foi merecida

Atuação de Willian Arão
Não faremos caças às bruxas. Realmente é um atleta com quem a gente conta muito. Acho que ele não fez um jogo no nível dele, mas mantém um nível de atuação muito alto. Temos total confiança nele tanto é que é o nosso capitão. 

Reação
Acho que, quando a gente cria, aí se pode se lamentar. Hoje a gente criou muito pouco e facilitou a tarefa do Sport, que afastou bem suas linhas, compactou bem atrás e depois apostou na velocidade dos seus jogadores. Por pouco não tomamos o segundo gol. Não acredito que seja parte psicológica, realmente tem que trabalhar com isso. A gente precisa criar espaço e ocupar de forma racional para ter oportunidades. Não foi possível. Uma pena interromper essa sequência tão boa de atuações. Então tem que equilibrar, nem tudo está ruim quando perdermos e nem tão bom quando ganhamos. É continuar nessa busca pelas primeira colocações.