ANOS DIFERENTES E MESMOS ERROS

ANOS DIFERENTES E MESMOS ERROS

Entra ano e sai ano e a diretoria consegue cometer os mesmo erros de sempre. O que fez o Barbieri durante o período da Copa? Reclamam que não tem tempo para treinar e quando tem conseguiu piorar o time. A campanha pós Copa é pior que a do Ceará e do Atlético-PR que estão na zona de rebaixamento.

A diretoria sabia que perderia o Vinicius Jr desde quando vendeu o garoto, e o que foi feito para suprir a perda? Negociaram com um holandês que usou o clube para conseguir aumento na Turquia (e conseguiu). Trouxeram o Vitinho aos 90 do segundo tempo, sem tempo de readaptação e ainda em pré-temporada, uma vez que estava de férias.

Há tempos que as reclamações da torcida é que temos laterais fracos, mas a diretoria na figura de seu VP de Futebol chegou a dizer que estão satisfeitos com os laterais. E sempre tomamos gols ou nas costas do Renê ou nas costas do Rodinei como foram dois ontem.

Ontem aliás foram dois gols de bola parada e jogadas ensaiadas do Atlético, alguém aqui sabe qual jogada ensaiada o Flamengo tem? Tivemos um período de treinos, sabíamos como seria o mês de agosto e em momento algum o Barbieri treinou um time alternativo dando padrão e entrosamento para que pudesse poupar e não ter tantos problemas.

Hoje se ele perde um jogador do meio acaba por mexer em toda a estrutura do time e o resultado já sabemos, nenhuma vitória, nenhum ponto conquistado com time misto ou reserva.

Até hoje ele não sabe quem colocar para substituir o Paquetá, o que fazer quando perde o Diego, como utilizar o Vitinho (que não tem as características do Vinicius), pegou um amor pelo Rodinei que erra sempre e continua intocável. Onde está a variação tática deste time? Por que não consegue repetir a atuação contra o Grêmio no primeiro jogo da Copa do Brasil?

Qual o medo de jogar com dois volantes como Piris e Cuéllar, por exemplo, os dois sabem sair jogando, tem uma marcação forte e sabendo das deficiências das laterais e em um jogo como ontem era com os dois em campo para minimizar a velocidade do Atlético.

Começo a ver o mesmo filme de 2016 com Zé Ricardo, teimosia, amor incondicional por jogador em má fase, e terminar o ano sem títulos e aguentando gozações. Espero que o Barbieri mude a forma de pensar, se reinvente e que passe a ter variações.

Desculpa como a de ontem de que o gramado influenciou no resultado é péssimo de ouvir, eles não mudaram a grama de sábado para domingo, já tem aquele gramado desde 2014.

Treine, busque alternativas, melhor que dar desculpas esfarrapadas, ou como diz o Bandeira: “vamos levando”, o problema é onde estamos levando.

Abraços e SRN!

Mudança no sistema de comentários
Não é mais necessário fazer login no site Flamengo RJ para comentar. Agora você precisa entrar no sistema de comentário abaixo com uma das opções de login disponível.