A final que interessa é hoje

A final que interessa é hoje

Amigos! Hoje jogaremos pela Copa Libertadores da América. Um jogo de extrema importância contra a Universidad Católica do Chile. O jogo de hoje pode nos dar a classificação antecipada para a próxima fase da competição, a depender do resultado do jogo entre Atlético Paranaense e San Lorenzo mas, mesmo se a classificação não vier hoje, a vitória nos coloca em posição muito favorável.

E é com este pensamento que afirmo que a “final” que importa é hoje. Mesmo com a disputa da final do campeonato carioca nesta semana, o jogo mais importante acontece nesta quarta-feira. Jogamos o primeiro jogo da final inexplicavelmente com todos os titulares e pagaremos o preço disso. Rômulo tem uma torção de joelho, corremos um risco altíssimo com Everton, que vem se mostrando um dos principais jogadores do time e Guerrero saiu com gelo na panturrilha.

Discordo frontalmente desta priorização. Para mim, a competição mais importante do ano é a Libertadores. Não havia a necessidade da utilização do time titular numa competição que nem os cariocas estão dando importância. Prova disso são os públicos das semifinais e do primeiro jogo da final, que não chegaram nem perto da capacidade do Maracanã.

Que o Flamengo hoje entre com o espírito de Libertadores. Que jogue com raça, vontade e que tenha fome de vitória. Que nosso time consiga matar o jogo nas oportunidades que criar e que não perca tantos gols. E que a diretoria de uma vez por todas entenda que um título de Libertadores fica eternamente na história, o carioca será apenas mais um.

Vamos Flamengo!

Marcão Beton

INSCREVA-SE: TV Coluna do Flamengo

Twitter: @marcaobeton