Abalado e com imagem arranhada, Flamengo reúne forças para recomeço pós-tragédia

Abalado e com imagem arranhada, Flamengo reúne forças para recomeço pós-tragédia

​Pouco mais de uma semana após viver a ​maior tragédia de sua história, o Flamengo reúne forças para recomeçar. Obviamente, recomeçar é um processo infinitamente mais complicado e doloroso àqueles que perderam seus entes queridos no incêndio, pelo fato de não haver dor comparável ao sentimento dos familiares das vítimas, a dor da perda brusca. Mas o clube também vive seu luto particular, tendo um longo caminho pela frente para conseguir se recuperar moralmente.

FBL-BRA-FLAMENGO-FLUMINENSE

Como destaca o ​UOL Esportes, a tragédia no Ninho expõe o Flamengo e faz cair por terra grande parte dos esforços feitos nos últimos anos, para que o Rubro-Negro voltasse a ocupar o posto de 'clube-modelo' no país. Todo o projeto de reorganização política, financeira e administrativa foi arranhado a partir do triste acontecimento da semana passada

A imagem da instituição está abalada, e não poderia ser diferente. As multas não pagas, a ausência de alvará e outras documentações necessárias, a falta de manutenção no local, as interdições... Todos os primeiros indícios depõem contra o clube, com responsabilidade da gestão atual e, obviamente, das gestões passadas. Apurado o incêndio e seus pormenores, o Flamengo terá que dar o seu primeiro passo de um longo e desafiador caminho.