AGORA, O PROBLEMA É PESSOAL !!!

AGORA, O PROBLEMA É PESSOAL !!!

Os mais antigos deste espaço, se estiverem com a memória em dia, vão se lembrar do motivo que me fez escrever o primeiro comentário aqui, o que já deve ter quase 20 anos. Nunca havia escrito nada, além de alguns e-mails, e também nunca tinha feito qualquer comentário em sites do Flamengo.

Mas estava acontecendo algo que me incomodava MUITO. Muito mesmo! Me parecia claríssimo que estava havendo um grande investimento na propaganda  dos clubes do maior mercado consumidor do país e, em especial, ao do clube mais popular de lá, é claro. E o incômodo diante dessa convicção chegou a tal ponto que decidi dividir essa percepção com alguém. Seria apenas paranóia minha?

Foi quando eu descobri o FlaRJ, escrevi um comentário expondo minha opinião (demorei pra cacete, pois era super lento digitando), e descobri QUANTOS percebiam e se incomodavam com o mesmo que eu. E não eram torcedores fundamentalistas com um cinto de bombas presas ao corpo. LONGE DISSO !!! Eram pessoas SUPER inteligentes, eloquentes, esclarecidas e atentas a tudo que saía na mídia.

O convívio com essas pessoas se tornou extremamente especial pra mim, pois, além de me proporcionar diversos amigos de verdade (alguns nem tanto) para minha vida pessoal até os dias de hoje, foi FUNDAMENTAL no sentido de abrir os olhos de muitos outros torcedores para o que estava acontecendo. Não se tratava de mais uma mera “Teoria da Conspiração”.  

Sim, a situação chegou a tal ponto, que não havia mais como esconder a manipulação de arbitragens e resultados, depois da confissão de um dos criminosos do apito. Partidas chegaram a ser anuladas e jogadas novamente, até que o Campeão fosse quem já estava estabelecido que devesse ser.

E vocês acham que, mesmo diante desses escândalos, isso impediu a continuidade do favorecimento DOS MESMOS de sempre? Claro que não! Nem pareciam se preocupar em disfarçar mais. Afinal, a cúpula da CBF é composta por “Parças” dessa gente. Pênaltis continuaram sendo marcados e ignorados, de acordo com a necessidade da adequação dos resultados.

Mas fabricar os campeões não era o bastante. Era preciso também combater qualquer ameça aos seus interesses. Qual seria a maior delas? Evidentemente que alguém de fora, né? E um “alguém de fora” com um contingente de 20% de toda a população do país, espalhado por TODO ele. NÓS !!!

Esse combate é feito (ATÉ HOJE) fomentando crises inexistentes no Flamengo e entupindo os meios de comunicação com formadores de opinião simpáticos aos clubes De Lá, além de restringir o tempo destinado a tal “ameaça” De cá. O resultado disso é o que vemos diariamente. Um bando de Fantoches, escravos de pontos eletrônicos, seguindo à risca as ordens de seus Donos. JURO, muitas vezes, tenho a sensação de torcer por um time argentino atuando no Brasil.

E fica fácil entender o porquê. No Sportv, por exemplo, do programa comandado pelo Cereto a bola é passada diretamente para o programa do Rizek. Alguém aqui sabe o time do coração dessa dupla? Pois é! Aí você muda de canal, mas se depara com um programa (feito no Rio) com Beijamim e Mano (torcedores do mesmo time do pessoal da Sportv), mais dois palmeirenses, um santista e um torcedor da Portuguêsa Paulista. Revoltado, você busca uma terceira opção, mas aí cai no programa do canal onde os comentaristas (TODOS PAULISTAS, é claro) prestam tanta atenção ao futebol carioca, que chegam ao ponto de dar nota para jogadores que sequer entraram em campo.
QUE DUREZA, HEIN ???

Só que, mais duro ainda, é ver uma significativa parcela da nossa própria torcida dando ouvidos a essa gente e, através das Redes Sociais, fazendo o jogo que interessa a eles. Amplificam o terrorismo fabricado por essa CORJA, atacando nossos jogadores, treinador, dirigentes etc.

Por tudo isso acima é que eu levo esse confronto de hoje para o lado pessoal, SIM. Nosso adversário de hoje, pra mim, representa tudo que há de MAIS PODRE no futebol brasileiro. O Flamengo PRECISA superar toda essa propaganda, todo esses favorecimento em várias instâncias, e toda essa parcialidade VERGONHOSA da mídia, com sua COMPETÊNCIA. Competência essa que já é administrativa, mas que precisa ser levada pra dentro de campo também.  

Somos inegavelmente mais fortes, mais bonitos, mais bem vestidos, moramos melhor, temos mais bom gosto e TEMOS QUE atropelar esse time mafioso. Se possível, com requintes de perversidade.
Este ano já não enquadramos o Vasco? Pois chegou a hora de fazer o mesmo com o “Asco”.

PRA CIMA DELES, MENGÃO !!!

.