• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Amazon mantém interesse em patrocinar Flamengo; quarentena por coronavírus trava desfecho

O Flamengo suspendeu todas as atividades tanto na sede da Gávea quanto no Centro de Treinamento do Ninho do Urubu, por conta da pandemia do coronavírus. O surto que se espalhou pelo mundo tem sido refletido no Rubro-Negro de diversas maneiras, até mesmo no desfecho da negociação com a Amazon.

A empresa americana sinalizou positivamente e pretende ainda ser o patrocinador master do Flamengo. Porém, há o monitoramento na crise que tomou conta do mundo, para saber qual será o reflexo na economia. No início das negociações, a expectativa do time carioca era de que o patrocínio se aproximasse da casa de R$ 40 milhões por ano, incluindo variáveis.

A quarentena, no entanto, tem travado a possibilidade de levar a pauta para votação no Conselho Deliberativo. Isso porque, o estatuto não prevê alternativa para realização de reuniões não presenciais e não há como aprovar um novo patrocinador sem passar por esses trâmites. Conselheiros entendem que em caso de extrema necessidade uma alternativa seria debatida, mas não enxergam este cenário no momento. As informações foram divulgadas inicialmente pelo site do Globo Esporte.

Embora a Amazon tenha sinalizado com a manutenção do interesse na parceria, o Flamengo observa a economia mundial, tendo em visto que o surto por coronavírus pode resultar em renegociações de valores. Por enquanto, as partes aguardam o fim da pandemia, para que assim possam também encerrar as tratativas.

Publicado em colunadofla.com.