O sorteio da Copa do Brasil trouxe sentimentos diferentes para rubro-negros e tricolores quando comparados aos dos cruz-maltino. Se Flamengo e Fluminense não tem do que reclamar ao enfrentar ABC e Criciúma, respectivamente, o Vasco terá de pegar uma pedreira e forma o grande confronto destas oitavas de final diante do São Paulo.

E aqui, fica um exercício de percepção. Um dos exemplos claro de que o favoritismo está totalmente ao lado do São Paulo vem da própria torcida do Vasco que lotaram as redes sociais de apelos por tabus para terem esperança na classificaçao. A que mais viralizou envolve o goleiro Vanderlei: 

  • Coritiba com Vanderlei elimina o São Paulo em 2012

  • Santos com Vanderlei elimina o São Paulo em 2015

  • Grêmio com Vanderlei elimina o São Paulo em 2020

  • Vasco com Vanderlei...

Tudo uma brincadeira, claro, mas que reflete o atual momento do Vasco. Sim, a distância é enorme atualmente, mas já foi maior. Trata-se de um confronto de um time de Série A diante um de Série B, mas é preciso lembrar que os comandados de Hernán Crespo não têm conseguido manter o rendimento que deu o titulo do Campeonato Paulista meses atrás.

O Vasco também é irregular, mas esta mesma equipe venceu o Flamengo nesta temporada — com direito a placar relevante. Difícil apostar que a dose vai se repetir em confrontos em ida e volta, também é complicado não dizer que o São Paulo é favorito, mas o confronto está longe de ser decidido antes de a bola rolar.

E não serão memes que irão dar vantagem para um lado ou para outro.

Fluminense revê Paulo Baier

O Fluminense enfrenta o Criciúma, que atualmente está na Série C e foi rebaixado no Campeonato Catarinense. Na temporada atual, disputou 19 jogos até o momento, venceu três, empatou 11 e perdeu cinco. A menos que o técnico Paulo Baier entre em campo para bater faltas, em tese, o tricolor não tem muito para se preocupar.

O técnico é a principal esperança de uma classificação catarinense muito pelo tabu: é um dos maiores carrascos do Fluminense no Século XXI. Memes também foram espalhados entre a torcida carvoeira — neste caso, algo diferente do Vasco para o São Paulo, pois a diferente é realmente grande.

Na história, as duas equipes já se enfrentaram 23 vezes com ampla vantagem dos cariocas. São 14 triunfos do Fluminense, cinco do Tigre e quatro empates. O último encontro foi justamente pela Copa do Brasil, em 2017.

Flamengo dá sorte

"Impossível o Flamengo ter sorte em sorteios", bradaram vários torcedores rubro-negros baseado em um restrospecto que pouco se sustenta quando olhado a fundo. Mas vale, claro, pelo bom humor. Será preciso muita argumentação para falar que os comandados de Rogério Ceni terão dificuldades diante do ABC.

ABC, que eliminou o Botafogo da Copa do Brasil, está na Série D do Campeonato Brasileiro. Isso basta para mostrar a diferença entre as equipes. E nem falamos sobre orçamento.

A última vez que Flamengo e ABC se enfrentaram, foi na Copa do Brasil de 2006. Vitória por 4 a 0, com gols de Renato Abreu (2), Ramirez (1) e Luizão (1).

Sinal de aviso: em 2006 o Flamengo foi campeão da competição enfrentando o Vasco na final.

  • Números gerais: 8 jogos (7v/1e), 17 gols marcados e 2 sofridos
  • Retrospecto pela Copa do Brasil: 3 jogos (3v), 8 gols marcados e um sofrido