• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Apesar de derrota, Ceni reitera postura agressiva do Flamengo e afirma: “Não vamos mudar nosso jogo”

Apesar de liderar todas as estatísticas da partida, o Flamengo protagonizou uma péssima atuação contra o Vasco e amargou uma derrota por 3 a 1 no clássico. Com amplo domínio da posse de bola, o Mais Querido não conseguiu impor seu ritmo de jogo e viu o arquirrival quebrar uma invencibilidade de 17 partidas. Em coletiva, o técnico Rogério Ceni comentou sobre a falta de efetividade da equipe.

É uma tônica do Flamengo ter mais posse de bola e finalizar mais. É a nossa proposta. Temos que concentrar mais para sofrer menos contra-ataques. O Vasco teve duas chances no primeiro tempo e fez. Não vamos mudar nosso jeito, ofensivo, agressivo. Temos que encaixar melhor a marcação -, disse.

Na derrota, o Flamengo não pôde contar com dois de seus principais atletas: Rodrigo Caio e Arrascaeta. Ambos fizeram muita falta para o Mais Querido, visto que Ceni alterou o time inteiro para suprir a falta do meia, e viu o sistema defensivo bem fragilizado com a ausência de seu ‘Xerife’.

Apesar do resultado negativo, o Flamengo precisa mudar o foco e se concentrar no próximo desafio: a estreia na Libertadores. Pela Copa, o Mengo volta aos gramados na terça-feira (20), para enfrentar o Vélez, da Argentina. A partida será disputada na casa do adversário, às 21h30 (horário de Brasília), e você poderá torcer com o Coluna do Fla, na transmissão mais rubro-negra da internet.

Publicado em colunadofla.com.