Bruno Henrique critica atuação do VAR no Brasileirão: “Tem que vir para ajudar e não atrapalhar”

Bruno Henrique critica atuação do VAR no Brasileirão: “Tem que vir para ajudar e não atrapalhar”

O Flamengo venceu o Grêmio por 3 a 1, nesse sábado (10), pela 14º rodada do Campeonato Brasileiro, no Maracanã. O time Rubro-Negro superou a equipe gaúcha e balançou as redes adversárias três vezes com Willian Arão, Arrascaeta e Everton Ribeiro. Apesar da noite de gala do Mais Querido, a arbitragem novamente chamou atenção quando teve interferência do árbitro de vídeo. Após a partida contra o Grêmio, o atacante do Flamengo, Bruno Henrique criticou a atuação do VAR neste campeonato.

Durante o programa BB Debate, do canal ESPN, o camisa 27 do time Rubro-Negro comentou sobre o tempo que os árbitros em campo estão levando para tomar uma decisão sobre qualquer lance que tenha sido interferido pelo árbitro de vídeo. Além disto, Bruno Henrique também comparou a forma em que o VAR é executado na Europa com a maneira que é desempenhada no Brasil.

Em relação ao VAR, todos os jogadores estão comentando a demora de um lance, muito tempo. Ontem assistindo o jogo Palmeiras e Bahia, eles levaram quase cinco minutos para poder dizer se foi pênalti ou não. Isso está frustrando os torcedores e a gente jogador também. Eles não têm um diálogo muito claro, né. No futebol europeu são duas pessoas no VAR para pode ajudar. Aqui no futebol brasileiro acho que são seis, se eu não me engano. Então o VAR veio para ajudar, acho que eles têm que vir para ajudar e não atrapalhar. No meu ponto de vista, eles estão atrapalhando nesse quesito de tempo muito longo em poder dar a resposta logo para o árbitro e o jogo continuar. 

Após esta vitória, o próximo desafio do Flamengo em campo será contra o Vasco, no próximo sábado (17), às 19h, horário de Brasília, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, pela 15º rodada do Campeonato Brasileiro. Após este confronto, o time Rubro-Negro se prepara para a primeira partida das quartas de final da Copa Libertadores, contra o Internacional, no dia 21 de agosto, quarta-feira, às 21h30, horário de Brasília, no Maracanã.