• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • OCTACAMPEÃO BRASILEIRO

CBF ‘aceita’ derrota jurídica para Flamengo e já pensa em substitutos de Pedro para as Olimpíadas

O Flamengo montou um elenco extremamente qualificado, que conta com grandes atletas e, por consequência, custou alto investimento ao clube. Por isso, o Rubro-Negro não irá liberar Pedro para as Olimpíadas. Embora tenha puxado ‘briga pública’ com o Fla, a CBF já reconhece que não deve contar com o camisa 21 do Mengão.

A CBF não fala publicamente sobre o caso, pelo contrário. Entretanto, de acordo com o jornalista Pedro Ivo Almeida, da ESPN, a entidade admite internamente que não deve contar com Pedro na lista final das Olimpíadas, que será enviada à Fifa no próximo dia 30. Por isso, já há análise sobre o substituto do centroavante: Yuri Alberto, do Internacional, Gabriel Martinelli, do Arsenal, e Evanílson, do Porto, disputam a vaga.

O Flamengo negou publicamente, algumas vezes, a liberação de Pedro para a Seleção Olímpica, por entender que não pode ficar sem o jogador em fases decisivas da Libertadores, da Copa do Brasil e também do Brasileirão. Por isso, o clube entrou com recurso no Superior Tribunal de Justiça Desportiva para pedir a liberação do atleta. A CBF entende que o Fla tem razão na ação no STJD e não pretende recorrer ou “esticar a corda” na briga na esfera jurídica.

Com isso, a tendência é que o STJD dê parecer favorável ao Flamengo, liberando Pedro. Contudo, há chance de a própria CBF liberar o atleta antes do desfecho do processo. Vale lembrar que como não é data Fifa, o clube pode recusar a ida do jogador para as Olimpíadas. O camisa 21, em meio a imbróglio, estará em campo logo mais, quando o Fla encara o Fortaleza, às 19h (horário de Brasília) desta quarta-feira (23). O duelo será disputado no Maracanã, válido pela sexta rodada do Brasileirão.

Publicado em colunadofla.com.