• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Ceni identifica problemas defensivos e aponta caminho para evitar erros ‘bobos’

O empate em 2 a 2 com o Unión La Calera, na noite desta terça-feira (11), não eliminou a possibilidade de classificação do Flamengo ainda nesta rodada, mas fez com que o aproveitamento da equipe caísse para 83,3% na fase de grupos. O ponto somado não esconde o excesso de falhas cometidas pelo setor defensivo, mas que, de acordo com Rogério Ceni, são somados aos erros bobos por falha de concentração.

O saldo infelizmente é do empate, do ponto que a gente leva. Viemos para vencer, tivemos o controle do jogo, as finalizações, jogamos para atacar o tempo todo, sufocamos o adversário e não vencemos. Temos que corrigir detalhes defensivos e ter um pouco mais de concentração para não cometer erros bobos. Ofensivamente, sempre buscamos coisas diferentes. O adversário pode até fazer os gols, mas não podemos dar esses gols -, disse em coletiva pós-jogo.

Questionado se as falhas estão relacionadas à ausência de Rodrigo Caio, xerife da zaga rubro-negra e lesionado há quase um mês, o técnico Rogério Ceni negou que haja relação entre as situações – visto que a equipe sofre gols semelhantes com a presença do camisa 3.

Não posso dizer que é a falta do Rodrigo Caio, senão o colocaríamos e deixaríamos de sofrer gols. Temos jogadores que estão jogando bem. Sofremos 15 gols, mas acredito que marcamos mais do que 30. Temos que olhar o outro lado de que somos um time que sempre busca o gol da vitória -, pontuou.

A partida entre Vélez e LDU, na próxima quinta-feira (13), fecha a quarta rodada do grupo G da Libertadores. Em caso de vitória equatoriana, o Flamengo garante vaga nas oitavas de final do torneio continental e disputa os próximos jogos apenas para garantir o primeiro lugar.

Para o elenco, no entanto, o foco é outro. No próximo sábado (15), o clube cumprirá os primeiros 90 minutos da grande decisão do Campeonato Carioca, contra o Fluminense. O clássico está marcado às 21h15 (horário de Brasília), no Maracanã.

Publicado em colunadofla.com.