Com Réver de titular, Fla sofre mais gols e aproveitamento cai

Com Réver de titular, Fla sofre mais gols e aproveitamento cai

É inegável a queda de rendimento do Flamengo no pós Copa do Mundo. Apesar do reforços – Fernando Uribe, Vitinho e Piris da Motta (que ainda não estreou) – estarem em fase da adaptação e isso influenciar diretamente no conjunto do time, algumas falhas técnicas recorrentes vem chamando atenção. Desde a volta de Réver ao time principal o Fla vem levando mais gol o que ocasiona em perdas de ponto e por vezes, da partida.

Quando o experiente zagueiro esteve fora tratando uma lesão no ombro, foi substituído por Rhodolfo e Matheus Thuler. Rhodolfo acabou se machucando (ainda se recupera) e Thuler, que é formado na base do Rubro-Negro, formou com Léo Duarte, outro Garoto do Ninho, a dupla de defesa do time de Gávea. Os meninos agradaram tanto que  da iminente volta do Capitão, a própria torcida fez campanha nas redes sociais pela permanência do jovem defensor.

Observe os números:

Flamengo sem Réver

– 0x0 – Ríver Plate

– 1×0 – Atlético-MG

– 2×0 – Bahia

– 1×0 – Corinthians

– 2×0 – Fluminense

– 2×0 – Paraná

– 1×1 – Palmeiras

No total: Sete jogos, cinco vitórias e dois empates. Foram seis jogos sem levar nenhum gol.

Flamengo com Réver: 

– 0x1 – São Paulo

– 2×0 – Botafogo

– 1×1 – Santos

– 4×1 – Sport

– 1×1 – Grêmio

– 0x2 – Grêmio

– 0x2 – Cruzeiro

No total: São sete jogos, duas vitórias, dois empates e três derrotas. O Fla só não tomou gol em uma oportunidade.

Sem tempo para lamentar a mais recente derrota – 2 a 0 para o Cruzeiro na última quarta (08)) – o Flamengo já volta  o foco para o Campeonato Brasileiro. O rival é o mesmo, o Cruzeiro, e o duelo está marcado para domingo (12) às 16h (horário de Brasília), no Maracanã. O Mais Querido ocupa a  segunda posição na competição com um ponto a menos que o São Paulo.