Comentarista rasga o verbo sobre posicionamento de Diego: “Nunca foi um meia cerebral”

Comentarista rasga o verbo sobre posicionamento de Diego: “Nunca foi um meia cerebral”

FOTO: GILVAN DE SOUZA/FLAMENGO

Flamengo e Corinthians ficaram no 0 a 0 na última quarta-feira (12), em confronto válido pelo jogo de ida da Copa do Brasil. O meio-campista Diego Ribas, no entanto, teve o seu posicionamento tático bastante criticado pelo comentarista Rodrigo Ferreira, da TV Coluna do Flamengo.

No programa Resenha Ao Vivo desta quinta-feira (13), Rodrigo frisou o fato do Fla não ter conseguido penetrar na defesa do time paulista, pois o camisa 10 atuou em uma faixa de campo que não privilegia a sua qualidade.  O comentarista garantiu ainda que o meia tem que atuar mais próximo da área, tendo em vista que ele não é um meia cerebral, que arma as jogadas.

O Corinthians veio para se defender, e o Flamengo não consegue penetrar. Por que o Fla não consegue penetrar? Porque o Diego não pode ficar pegando bola de volante. Ele tem uma área onde é perigoso, tem que entrar na área. Não adianta colocar o Diego para fazer o serviço do Cuéllar. O Diego, em sua carreira, nunca foi um meia cerebral, nunca deu um passe vertical. Raramente. Não é jogador disso. Então, não adianta colocar o Diego ali, para ficar jogando a bola para um lado e para o outro. Para isso, coloca um Arão, que consegue fazer essa função —, disse Rodrigo.

O Flamengo volta a campo neste sábado (15). A partida vai ser contra o Vasco, às 19h. Mandante do jogo, o Cruzmaltino vendeu a partida para Brasília, que será disputada no Mané Garrincha. O jogo é válido pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Mengão ocupa a quarta posição na tabela da competição, com 44 pontos, enquanto o time de São Januário é o 17°, primeiro dentro da zona de rebaixamento, com 24.

Assista ao programa na íntegra: