Conselheiros do Vasco emitem carta de repúdio à solidariedade do clube com o Flamengo

Conselheiros do Vasco emitem carta de repúdio à solidariedade do clube com o Flamengo

A homenagem do Vasco da Gama prestada em solidariedade à morte dos dez jovens no trágico incêndio no Ninho do Urubu não repercutiu bem entre os conselheiros do clube, que emitiram uma carta de repúdio, assinada por 102 conselheiros cruzmaltinos. O documento deve ser lido na próxima reunião do Conselho Deliberativo do time de São Januário, que ainda não tem data definida para acontecer.

A grande justificativa dada pelos conselheiros é referente à inclusão da bandeira do Flamengo no uniforme de jogo do Vasco, que aparece logo acima da mensagem “Em frente, juntos”. A iniciativa foi idealizada pelo Vice-Presidente de Marketing do clube como forma de homenagear as vítimas da tragédia ocorrida no Ninho. Grupos políticos que apoiam o mandatário Alexandre Campello também demonstraram grande insatisfação com o ato.

Apesar da revolta de parte dos conselheiros cruzmaltinos, a ação promovida pelo Vasco da Gama foi muito bem recebida pelo público. Torcedores do Flamengo e de diversos outros clubes, além de veículos de comunicação, exaltaram a atitude do clube em solidariedade com o seu maior rival. A camisa da equipe com a bandeira rubro-negra, inclusive, foi parar no Centro de Memória do Fla.

CONFIRA ABAIXO A CARTA DOS CONSELHEIROS:

NOTA DE REPÚDIO

A irrestrita solidariedade às vítimas da tragédia, que atingiu tantos jovens talentos, não pode servir de pretexto a gestos demagógicos, que atentam contra nossas tradições e ferem frontalmente o estatuto do clube.