• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Conselho do Flamengo é convocado para votação sobre possível exclusão de Bandeira do quadro social

Há seis meses o ex-presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, virou protagonista de uma grande polêmica. Em entrevista ao jornalista Jorge Nicola, da ESPN, Bandeira disse que o incêndio que acometeu os alojamentos das categorias de base no Ninho do Urubu provavelmente não teria acontecido se ele ainda estivesse no comando do Mais Querido. As declarações do ex-mandatário, no entanto, podem resultar em sua expulsão do quadro social do clube, e a votação teve sua data definida: dia 23 de novembro.

Após as declarações de Bandeira, o grupo “Vanguarda Rubro-negra”, composto por uma ala de conselheiros, enviou uma carta ao presidente do Conselho de Administração do Fla, Bernardo Amaral. Dando continuidade ao processo, o conselho marcou a data para julgar as falas do ex-presidente. A convocação já foi enviada, por e-mail, a todos os membros do CoAD. O processo acontecerá no Salão Nobre Gilberto Cardoso Filho, na Gávea.

CONFIRA TRECHO DO COMUNICADO:

“Ficam convocados os senhores membros do Conselho de Administração do Clube de Regatas do Flamengo para reunião extraordinária, a realizar-se no próximo dia 23 de novembro de 2020, segunda-feira, no Salão Nobre Gilberto Cardoso Filho, 2º andar, na Av. Borges de Medeiros, 997, Lagoa, às 19h em primeira convocação e às 19h30, em segunda e última convocação, para a seguinte ordem do dia:

1. Julgar o Parecer da Comissão de Inquérito deste Conselho, relativo à representação formulada contra o associado emérito Eduardo Carvalho Bandeira de Mello.

Findas a apresentação do parecer e a sustentação da defesa, serão distribuídas cédulas para votação secreta”.

Os conselheiros envolvidos no pedido protocolado, afirmaram que Bandeira teria infringido duas normas estatutárias do clube, sendo elas: Abster-se de usar qualquer meio de comunicação para veicular expressões desonrosas contra o Flamengo, ou os membros de seus Poderes, em campanha eleitoral, ou em razão de suas funções; e Veicular expressões desonrosas, por qualquer meio de comunicação, contra o Flamengo, ou os membros de seus Poderes, em campanha eleitoral, ou em razão de suas funções.

Publicado em colunadofla.com.