Contra o Internacional, Flamengo atinge maior receita em um jogo em 2019

Contra o Internacional, Flamengo atinge maior receita em um jogo em 2019

Foi uma noite dos sonhos para o Flamengo. Voltando às quartas de final da Libertadores depois de nove anos, o Rubro-Negro lotou o Maracanã, dominou um forte adversário e, com 2 a 0 no placar, largou na frente do Internacional pela vaga nas semifinais. E não foi só dentro de campo que tudo deu certo: o Mais Querido conseguiu, no jogo, sua maior renda no ano.

Segundo apuração de Rodrigo Mattos e Leo Burlá, do portal UOL, o Flamengo teve cerca de R$ 4,76 milhões na partida. Destes, mais da metade ficou com o clube: cerca de R$ 2,57 milhões.

Os números têm explicação. Antes de mais nada, o Flamengo é, desde abril, responsável pela gestão do Maracanã. Este processo fez com que os custos caíssem drasticamente – fato que, por sua vez, faz com que parte maior da renda vá para os cofres do clube.

Além disso, os ingressos da Libertadores são mais caros que a média do Brasileirão. Ainda assim, Mattos aponta, em seu texto, que o Rubro-Negro cobrou preços adequados para a partida – a entrada mais barata (dos setores Norte e Sul para sócios-torcedores) custou R$ 45.

O Flamengo teve, nesta partida, um custo maior com segurança. A PMERJ e o Batalhão Especial de Policiamento em Estádios (BEPE) exigem do clube um número maior de grades e de profissionais de segurança em relação ao que normalmente é colocado nos jogos do Campeonato Brasileiro.

Clique aqui e faça parte do nosso canal do Telegram e receba todas as notícias em tempo real.