• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Contra o La Calera, Flamengo encerra a partida sem nenhum zagueiro de origem em campo

O Flamengo voltou aos gramados na noite desta terça-feira (11), para enfrentar o Unión La Calera, em jogo válido pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. A partida, que terminou empatada em 2 a 2, também se encerrou com uma mudança curiosa no campo do Mais Querido. No apito final, o Rubro-Negro não tinha nenhum zagueiro de origem dentro dos gramados, e a defesa estava sendo formada por Arão e Filipe Luís.

A dupla de zaga escalada por Ceni para o confronto desta noite, foi formada por Willian Arão e Bruno Viana que, coincidentemente, foram os dois responsáveis pelos gols dos chilenos. O primeiro tento do La Calera foi marcado após falha bisonha de Bruno e, o segundo, foi carimbado pelo volante, que desviou uma bola e mandou contra o próprio gol.

Após as falhas individuais e a necessidade de correr atrás do resultado, Rogério Ceni optou por uma mudança um tanto quanto ousada. O treinador tirou Bruno Viana, que teve atuação bem questionada pela torcida, e colocou o jovem Ramon. Com a alteração, Filipe Luís passou a formar a dupla de zaga ao lado de Arão, e o Garoto do Ninho assumiu a lateral.

Ainda que Willian Arão esteja sendo utilizado por Ceni como zagueiro, o atleta é volante, e cumpre a função apenas para suprir uma necessidade do frágil sistema defensivo do Flamengo. Sem Rodrigo Caio, entregue ao departamento médico, o camisa 5 acaba sendo o “homem de referência” do miolo de zaga, visto que nenhum defensor de origem consegue se firmar na posição e ganhar sequência nos jogos.

Apesar de o empate em 2 a 2 não ter sido o pior dos resultados em duelo disputado fora de casa, o placar foi longe de ser o ideal. Isso porque, a defesa, verdadeiro ‘calcanhar de Aquiles’ do Rubro-Negro foi, mais uma vez, determinante para o resultado ‘negativo’. No entanto, mesmo com a perda da invencibilidade, o Flamengo continua líder do grupo G, e com plenas condições de garantir classificação antecipada para as oitavas de final.

Enquanto aguarda o jogo da próxima quarta-feira (19), contra a LDU, também pela competição continental, o Flamengo vira a chave e se concentra no primeiro duelo da final do Cariocão, que será disputado no sábado (15). O clássico contra o Fluminense acontecerá no Maracanã, às 21h05 (de Brasília).

OUÇA A NARRAÇÃO DOS GOLS DO FLAMENGO:

 

Publicado em colunadofla.com.