Cuéllar e Arrascaeta são os únicos estrangeiros do Flamengo com mais de 1000 minutos jogados em 2019

Cuéllar e Arrascaeta são os únicos estrangeiros do Flamengo com mais de 1000 minutos jogados em 2019

Por: Higor Neves

Nos últimos anos, o Flamengo tem investido em diversas opções do mercado sul-americano. Neste ano, por exemplo, o Rubro-Negro iniciou a temporada com seis estrangeiros no plantel. No entanto, nem todos eles gozam de grandes oportunidades em campo. Prova disso é que, dentre eles, apenas Cuéllar e De Arrascaeta têm mais de 1000 minutos em campo.

Titular absoluto, o camisa 8 é o líder em minutagem entre os jogadores que não são nascidos no Brasil, tendo 1809 minutos disputados ao longo de 21 partidas. Enquanto isso, o uruguaio – que vive disputa direta por titularidade com Diego Ribas – acumula 1490 minutos em 23 jogos.

Do outro lado da moeda, está Orlando Berrío. Afrontado por problemas físicos, o camisa 28 só atuou em nove ocasiões, sendo que saiu do banco de reservas na maioria das vezes. Desta forma, ele chegou a apenas 225 minutos no primeiro semestre. Até mesmo Fernando Uribe, que foi vendido ao Santos, somou mais tempo que seu compatriota, chegando a 617 minutos em 14 partidas.

CONFIRA O RANKING COMPLETO:

1° – Gustavo Cuéllar (COL) – 1809 minutos
2° – De Arrascaeta (URU) – 1490
3° – Piris da Motta (PAR) – 906
4° – Miguel Trauco (PER) – 725
5° – *Fernando Uribe (COL) – 617
6° – Orlando Berrío (COL) – 225