• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • OCTACAMPEÃO BRASILEIRO

Diego relembra ‘frustrações’ pelo Flamengo e aponta fator determinante para superação: “Amo esse clube”

Diego chegou ao Flamengo em 2016, com grande expectativa da torcida. No entanto, o camisa 10 viveu altos e baixos no clube, e sofreu com duras críticas dos rubro-negros, principalmente após a fatídica eliminação na Copa do Brasil de 2017, quando o meia perdeu um pênalti decisivo e o Cruzeiro se coroou como campeão. Em entrevista à FlaTV, o camisa 10 falou sobre as provações que viveu no Mais Querido e sua motivação para as conquistas recentes.

Minha motivação constante no Flamengo é por aquilo que eu quero vencer e não por dívidas. Os momentos de dificuldade me deram tranquilidade para expressar o quanto eu amo esse clube. Talvez, as frustrações e decepções tenham me testado, mas isso tudo foi superado. Hoje, minha grande motivação é de vencer por esse clube -, disse.

Apesar das dificuldades enfrentadas em um momento de reestruturação do Flamengo, Diego trabalhou para superar as críticas, deu a volta por cima e, em 2019, começou a colher os frutos da determinação, com as conquistas do Brasileirão e também da Copa Libertadores, quando o meia foi responsável pelo lançamento para Gabigol, garantindo o gol do título Rubro-Negro.

De 2019 para cá, Diego conquistou nada mais nada menos do que oito troféus: dois Campeonatos Cariocas, dois Campeonatos Brasileiros, duas Supercopas do Brasil, uma Copa Libertadores e uma Recopa Sul-Americana. Na temporada de 2021, no auge de seus 36 anos, se reinventou, assumiu nova posição e se tornou titular absoluto do Mais Querido.

Publicado em colunadofla.com.