• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • OCTACAMPEÃO BRASILEIRO

Dirigente do Flamengo se manifesta após encontro de Landim com Bolsonaro

O Flamengo segue mostrando seu poder dentro das quatro linhas. Invicto há 16 jogos, o Mais Querido está classificado para as oitavas de final da Copa do Brasil e da Copa Libertadores, além de ter 100% de aproveitamento no Campeonato Brasileiro. O extra-campo do clube, no entanto, é rodeado por polêmicas. Após o mandatário do Fla, Rodolfo Landim, ter se encontrado mais uma vez com o Presidente da República, Jair Bolsonaro, um dirigente rubro-negro se pronunciou.

O vice-presidente geral e jurídico do Flamengo, Rodrigo Dunshee, usou seu perfil no Twitter para esclarecer as polêmicas que cercaram o encontro de Landim com Bolsonaro. De acordo com o dirigente, o clube não se envolve em política partidária e a relação de representantes do Fla com o Governo Federal não significa apoio político.

Vou falar pela décima vez. O Flamengo não se envolve em política partidária. O fato de haver relação oficial com os chefes de governo do país não significa apoio político. Não se deixem induzir por pessoas que têm interesse político de jogar o Landim à esquerda ou à direta” -, dizia a postagem.

CONFIRA A PUBLICAÇÃO:

De acordo com informações divulgadas pelo jornalista Lauro Jardim, do O Globo, duas presenças ligadas ao mundo da bola participaram do almoço entre empresários do Rio de Janeiro com Jair Bolsonaro. Além de Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, o ex-futebolista e atual senador Romário também marcou presença no encontro articulado por Flávio Bolsonaro, filho do presidente.

Publicado em colunadofla.com.