Dorival Júnior diz que Paquetá pode chegar ao nível de Kaká e o vê focado no Flamengo

Dorival Júnior diz que Paquetá pode chegar ao nível de Kaká e o vê focado no Flamengo

A saída de Lucas Paquetá do Flamengo é questão de tempo. Acertado com o Milan, da Itália, ele fica no clube carioca até o final do ano e se apresenta na Itália, em janeiro.

Nesta quinta-feira, em entrevista coletiva no Ninho do Urubu, o técnico Dorival Júnior falou sobre a situação do jovem. O treinador vê seu comandado focado no Flamengo, que ainda luta pelo título brasileiro.

“Existe acordo básico, mas se consolida apenas em janeiro. Não há motivo para se sentir fora do grupo. Sinto isso nos treinos, interesse, integração, não vejo motivo nenhum para nada diferente. Expectativa de que siga focado, concentrado”, disse Dorival.

Em seguida, o treinador rasgou elogios a Paquetá. Para ele, o garoto pode chegar ao nível de Kaká, que foi grande ídolo do Milan.

“Difícil comparar. Mas se continuar assim tem condições de atingir nível muito próximo do Kaká ao longo da carreira...Com certeza quem trabalhou e quem vai trabalhar com ele daqui para a frente vai ter condições de ajudar. Jogador diferenciado. Será um dos grandes. Fatalmente vai atingir o nível do Kaká”, analisou Dorival.

Outro jogador do elenco está merecendo uma atenção especial de Dorival. O atacante Vitinho, que ainda não caiu nas graças da torcida.

“Existe preocupação natural. Jogador desse nível. Precisa naturalmente de um tempo, precisa de cobrança, de estímulo”, finalizou.

A negociação de Paquetá

Por Paquetá, de 21 anos, o Milan vai pagar 35 milhões de euros (cerca de R$ 151 milhões). O Flamengo ficará com 70% deste valor, ou seja, cerca de R$ 105 milhões. Paquetá e seus agentes ficam com o restante. O jogador ainda receberá luvas “gordas”: algo em torno de 10 milhões de euros (cerca de R$ 43 milhões) em bonificações.

“Temos um acordo básico com o Flamengo, mas ainda há um caminho a percorrer antes de tornar a contratação oficial”, disse Leonardo, diretor esportivo do Milan, nesta quinta-feira.

Carlos Noval, diretor de futebol do Flamengo, também conversou com a imprensa italiana sobre o assunto. Em entrevista ao site “Tuttomercatoweb”, ele afirmou:

“Estamos conversando... Negociações estão em andamento, mas ainda não foram totalmente fechadas. Acho que podemos fechar daqui a algumas semanas, duas semanas. Acho que em duas semanas o Paquetá será jogador do Milan”, disse o dirigente rubro-negro.

O salário de Paquetá no Milan, segundo informações recebidas pelo Jogo Extra diretamente da Itália, será de 1,7 milhão de euros (cerca de R$ 7,36 milhões) por temporada. Como o contrato será de cinco anos, Paquetá receberá no total R$ 36,8 milhões de salário do clube italiano.

Nesta quarta-feira, Paquetá passou por exames médicos, no Rio de Janeiro, acompanhado de médicos do Milan, e foi aprovado. O clube italiano deve oficializar a contratação em breve.

O jogador, que tem 11 gols pelo Flamengo na temporada, vai se transferir em janeiro para o Rossonero. Ele também era cobiçado por clubes como Manchester United, PSG e Barcelona.

O PSG, aliás, era quem estava mais perto de contratá-lo. Mas o Milan, liderado pelo diretor esportivo Leonardo, agiu mais rápido e conseguiu convencer o jogador. Foi o ex-atleta quem conduziu todas as tratativas. Na semana passada, ele se reuniu com Eduardo Uram, empresário de Paquetá, na Europa, e agilizou o negócio.

Paquetá será a sexta maior venda da história do futebol brasileiro e a segunda da história do Flamengo. Abaixo o top 10 (valores em euro).

1º Neymar (€ 86 mi) - Santos para o Barcelona

2º Vini Jr. (€ 45 mi) - Flamengo para o Real Madrid

2º Rodrygo (€ 45 mi) - Santos para o Real Madrid

4º Lucas (€ 43 mi) - São Paulo para o PSG

5º Arthur (€ 40 mi) - Grêmio para o Barcelona

6º Paquetá (€ 35 mi) - Flamengo para o Milan

7º Jesus (€ 32,75 mi) - Palmeiras para o Manchester City

8º Oscar (€ 31,9 mi) - Internacional para o Chelsea

9º Denílson (€ 31,5 mi) - São Paulo para o Bétis

10º Gabigol (€ 29,5 mi) - Santos para a Inter de Milão.