• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

É campeão! De virada, Flamengo vence Boavista e leva a Taça Guanabara 2020

​O Boavista bem que tentou, mas não foi páreo para o poderio do atual 'dono' do Rio. Na noite deste sábado (22) de Carnaval, a equipe de Saquarema foi ao Maracanã para desafiar o poderoso ​Flamengo, duelo válido pela grande decisão da Taça Guanabara 2020, o primeiro turno do Carioca. Após uma primeira etapa igual e bem disputada, no segundo tempo brilhou a estrela de um artilheiro iluminado: resultado final de 2 a 1 para o Rubro-Negro, de virada, gols de Diego e Gabigol. Jean fez o gol único do valente Boavista. Segunda taça para o clube da Gávea somente neste início de temporada!

Primeiro tempo

CR Flamengo and Al Hilal SFC Semi-Finals Match - FIFA Club World Cup Qatar 2019

Com quase 60 mil presentes no Maracanã em pleno sábado de Carnaval, imaginava-se um início de jogo avassalador por parte do Flamengo e tímido por parte do Boavista. Mas não foi este o enredo dos minutos minutos da decisão, muito pelo contrário. Inseguro e errando muito, o Rubro-Negro foi surpreendido cedo: logo aos 4', o bom lateral-esquerdo Jean cobrou falta com perfeição e superou o goleiro César, abrindo o placar. Os comandados de Jorge Jesus só 'entraram no jogo' após a parada técnica, passando a dominar as ações na segunda metade da etapa inicial. Pedro levou perigo à meta de Klever aos 23', cabeceando com perigo. Aos 35', foi a vez de Michael finalizar firme e obrigar grande defesa do arqueiro do Boavista. A pressão dos donos da casa só deu resultado aos 43': Vitinho bateu escanteio na meia-lua procurando Diego, que finalizou de primeira e contou com um desvio fatal no meio do caminho. 1 a 1.

Segundo tempo

​​O gol na reta final da primeira etapa animou o Rubro-Negro, que voltou do intervalo com outra atitude. Bem mais focado e organizado, o atual campeão estadual subiu a marcação e sufocou a saída de bola do Boavista, se impondo e passando a dominar a partida em definitivo. Pedro quase anotou o seu aos 3', mas parou em Klever. Aos 8', o goleiro do Verdão voltou a brilhar, impedindo gol de cabeça de Vitinho. Michael, um dos mais participativos do time, quase fez um golaço aos 17', mas o inspirado arqueiro adversário fez nova grande defesa. Nos milagres de seu camisa 1, o Boavista se segurou enquanto teve pernas, mas a iminente virada acabou se confirmando aos 34': bela trama entre Everton Ribeiro, Pedro e Gabriel Barbosa, com o camisa 9 completando pro fundo do gol, de perna esquerda. Golaço do título!

Publicado em www.90min.com.