Edmundo vê erro de Arrascaeta, mas enxerga falha coletiva e cita Diego Alves: “A única bola com perigo, não defendeu”

Edmundo vê erro de Arrascaeta, mas enxerga falha coletiva e cita Diego Alves: “A única bola com perigo, não defendeu”

O Flamengo foi eliminado da Taça Guanabara pelo rival Fluminense, na noite da última quinta-feira (14), após perder por 1 a 0, em gol marcado em um dos últimos lances do clássico. Como tinha a vantagem do empate, o Rubro-Negro só não poderia sair de campo derrotado se quisesse chegar à final. No entanto, em uma das raras chegadas de perigo do Tricolor, Luciano anotou o gol que selou a eliminação rubro-negra. O ex-jogador Edmundo, agora comentarista, enxergou uma falha coletiva na defesa montada por Abel Braga.

Durante debate realizado na Fox Sports, o ex-atleta reconheceu o erro do meia Arrascaeta na jogada, errando um passe ainda no campo de defesa do Flamengo. No entanto, destacou o posicionamento equivocado do zagueiro Rodrigo Caio, que marcava Luciano à distância, e criticou Diego Alves, por não ter pego a única bola com perigo que foi em direção ao gol nos 90 minutos.

— Tem o erro ou a displicência do Arrascaeta? Tem. Mas a bola não entra sozinha. Se o Rodrigo Caio estivesse marcando o Luciano, o jogador do Fluminense não finalizaria. E o goleiro? Ele usa roupa diferente, tá ali no gol, pra que? Fazer algumas defesas. A única bola com perigo que foi ao gol o Flamengo, o goleiro não defendeu. Ele vem com pompas de goleiro que pegava pênalti do Messi, do Cristiano Ronaldo, melhor goleiro do futebol espanhol, mas no Flamengo ainda não convenceu.

Eliminado da Taça Guanabara, que terá uma final entre Vasco e Fluminense, o próximo compromisso do Flamengo dentro de campo será, também, pelo Campeonato Carioca. No entanto, o duelo marcará a estreia rubro-negra na Taça Rio, equivalente ao segundo turno do Estadual. No próximo dia 24, um domingo, o time de Abel Braga recebe o Americano, no Maracanã, a partir de 17h (horário de Brasília).