Elogiado por Jesus, meio-campista revela propostas e fala sobre deixar o Flamengo

Elogiado por Jesus, meio-campista revela propostas e fala sobre deixar o Flamengo

​Os torcedores do​ Flamengo receberam uma notícia bombástica e inesperada na noite de ontem, com o afastamento de Cuéllar, um dos xodós dos rubro-negros, que pediu para não ser relacionado para as próximas partidas e parece estar decidido a ser negociado. O volante colombiano, no entanto, não é o único atleta do clube carioca que desperta o interesse de outras equipes. 

Elogiado pelo técnico português Jorge Jesus e titular absoluto nas últimas semanas, Willian Arão revelou, em entrevista ao canal "De Sola", do Youtube, ter recebido propostas de outros clubes. O volante, que não estará à disposição para o duelo decisivo com o Internacional pela Libertadores, em Porto Alegre, por suspensão, abriu o jogo e falou sobre a possibilidade de deixar o Flamengo.

Richard,Willian Arão

As sondagens mais 'quentes' ocorreram no final da temporada passada e a Grécia quase foi o destino do meio-campista. "Tive propostas (do Brasil e do exterior) para sair do Flamengo. Umas eu achei que não valeria, outras o Flamengo recusou. A proposta do Olympiacos acho que todos ficaram sabendo. Foi uma junção de coisas (para a proposta ser rejeitada). O Flamengo não estava aceitando a forma de pagamento e a forma que eles queriam me pagar também complicava. Acabou que não deu certo", comentou. 

Contestado por muitos até a chegada do comandante português, Arão ganhou moral e tem recebido elogios de Jorge Jesus. "Em relação ao Arão, não sei qual era a forma de olharem a qualidade dele. Eu sempre olhei o Arão, antes de ser treinador dele, sempre achei um jogador de muita qualidade. E depois que comecei a trabalhar com ele, tive a certeza disso. Ele está jogando um futebol de alto nível, muito competitivo, é um touro", falou o técnico após a vitória sobre o Inter, na quarta-feira (21).

Pensando apenas no Flamengo, o volante deixa as negociações para seu staff, sem fazer planos que não incluam o Rubro-Negro. "Eu procuro não focar nisso. Deixo com o meu pai, que toma conta da minha carreira. Passo para ele aquilo que eu penso como carreira e profissão e ele vai me direcionando. Meu foco é o Flamengo. Minha cabeça sempre esteve em ajudar o Flamengo, nunca em querer sair", completou Arão.

Clique aqui e faça parte do nosso canal do Telegram e receba todas as notícias em tempo real.