• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Empresário de Gerson demonstra confiança em acordo por renovação com Flamengo

Recentemente, a renovação de Gerson por pelo menos mais um ano foi pauta no Flamengo. As conversas, ainda em estágio inicial, seguiam sem a necessidade de qualquer alerta – pelo menos até um imbróglio contratual contribuir para ausência de Arrascaeta no clássico contra o Vasco. A dupla é a única que ainda não negociou novos vínculos e, consequentemente, não recebeu valorização salarial.

Porém, se a situação de Arrascaeta exige muito cuidado e cautela, a de Gerson segue por outro rumo. De acordo com Marcão, pai e empresário do atleta, não há nenhum problema referente ao reajuste salarial do meia – já que as partes estão cientes do atual momento vivido pelo clube. Além disso, o camisa 8 está feliz e confiante na renovação.

“Está tudo tranquilo. Estamos felizes no Flamengo e está andando muito bem. Gerson está feliz e vai dar o sangue pelo clube. Entendemos o momento da pandemia, que é muito difícil para toda humanidade, e não temos problema algum por conta do reajuste salarial”, garantiu em contato com a reportagem do #Rubro-Negro.

Gerson tem vínculo com Flamengo até dezembro de 2023 e multa rescisória de cerca de 70 milhões de euros para Europa. A ideia é ampliar o contrato por pelo menos mais um ano e reajustar todos valores envolvendo o atleta. O camisa 8 estreou pelo clube em julho de 2019 e está a três jogos de completar a marca de 100. Além disso, já marcou sete gols com o Manto.

Em outro tom, a situação de Arrascaeta vai somando divergências entre seus representantes e a alta cúpula do Flamengo. Os dois pontos principais seriam o reajuste salarial, prometido pela diretoria rubro-negra, e a compra dos 25% de direitos restantes do atleta. O Rubro-Negro alega, porém, que o meia não cumpriu os minutos exigidos anteriormente para obrigação de compra.

Publicado em colunadofla.com.