• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • OCTACAMPEÃO BRASILEIRO

‘Esquecido’ por Ceni, Lázaro se destaca no sub-20 e vira artilheiro do Fla na categoria

Por: Guilherme Calvano

No último sábado (19), em partida válida pelo Campeonato Carioca sub-20, o Flamengo goleou o Boavista por 4 a 0, e novamente Lázaro teve atuação de destaque. ‘Esquecido’ por Rogério Ceni nos profissionais, o meia-atacante marcou pelo quarto jogo consecutivo na categoria e vem pedindo passagem.

Desde que voltou de lesão, na vitória do Rubro-Negro por 3 a 0 sobre o Nova Iguaçu, o jovem tem balançado as redes pelo menos uma vez nos compromissos do Mais Querido no Estadual sub-20. Com essa pegada, o Garoto do Ninho se tornou artilheiro da competição, com cinco tentos marcados.

CONFIRA OS JOGOS QUE LÁZARO MARCOU
Flamengo 3 x 0 Nova Iguaçu – 1 gol
Bangu 0 x 2 Flamengo – 1 gol
Flamengo 9 x 1 Macaé – 2 gols
Boavista 0 x 4 Flamengo – 1 gol

Antes de voltar aos gramados pela categoria sub-20 do Flamengo, Lázaro havia recebido sondagem do Huddersfield, da Inglaterra. Os representantes conversaram com o Rubro-Negro, que deu o ok, mas o clube inglês não formalizou proposta até o momento. Dono da maior multa rescisória do Mais Querido atualmente (80 milhões de euros), o meia-atacante é tido como a próxima joia a ser vendida nos moldes de Reinier, Paquetá e Vinicius Júnior. No entanto, diferente do trio citado, o garoto de 19 anos praticamente não teve chances nos profissionais.

No início do Carioca dos profissionais deste ano, Lázaro jogou 141 minutos divididos em quatro jogos, porém somente sob o comando de Maurício Souza, quando o elenco principal ainda estava de férias. Com Rogério Ceni, o meia-atacante ainda não teve oportunidade.

Em entrevista coletiva após a derrota para o Red Bull Bragantino, no Maracanã, Ceni foi questionado sobre a não utilização do garoto. Segundo o técnico, falta intensidade ao Cria do Ninho: “O Lázaro treinou anteontem com a gente no campo principal. Eu converso sempre com ele. Ele vem de lesão. O que ele precisa é ter mais intensidade. Ele precisa ter mais intensidade pra ter oportunidades no time profissional”, disse.

Publicado em colunadofla.com.