Ex-Fla, Bruno Cabrerizo vira ator em Portugal e será galã da Globo às 18h

Ex-Fla, Bruno Cabrerizo vira ator em Portugal e será galã da Globo às 18h



A vida do antes desconhecido brasileiro Bruno Cabrerizo bem que poderia terminar em novela. Mas quem parou na teledramaturgia foi o próprio personagem, entrevistado nesta quarta-feira pelo "Planeta SporTV". Para resumir melhor, é bom voltar ao ano de 2003. O Flamengo fazia sua pré-temporada. O técnico era o renomado e experiente Evaristo de Macedo. O time contava com estrelas como o goleiro Julio César, Athirson, Liedson... Das divisões de base, a comissão técnica puxou para os profissionais, entre outros, o zagueiro Bruno. O garoto bem que tentou uma oportunidade entre os profissionais.

Não aconteceu. O jovem acabou indo para o exterior. Tentou emplacar em vários clubes. Em Milão, acabou virando modelo e ganhou uma oportunidade na Dança dos Famosos de lá. Depois, em Lisboa, resolveu virar ator. E não é que o brasileiro caiu nas graças do povo português? Bruno Cabrerizo fez tanto sucesso que será o protagonista da próxima novela das 18h da TV Globo, "Tempo de amar", escrita por Alcides Nogueira em parceria com Bia Corrêa do Lago, dirigida por Jayme Monjardim e programada para estrear no segundo semestre de 2017, no lugar de "Novo mundo" (assista à entrevista no vídeo acima).


- Engraçado que hoje em dia eu passo na rua, aqui em Lisboa, e as pessoas pedem fotos, autógrafos e ainda dizem: "Olha lá o brasileiro!" Porque aqui eu sou o Brasileiro - afirma Bruno, sobre o nome do personagem em "A única mulher", o último que representou e fez sucesso - a novela terminou este ano em Portugal.

Bruno é capa praticamente toda semana em revistas,  jornais e sites de celebridades em Portugal. Quando lembra dos tempos de Flamengo, lamenta não ter tido chances. 

- Eu acho que na época poderia ter ficado no grupo. Não sei se jogaria, acho que não, tinha muitos zagueiros. Aí pintou oportunidade pra ir pro Japão, através do Zico. Optei por ir. Tinha aquele pensamento de fazer o pé de meia... 

Bruno não deu certo no Japão e voltou ao Brasil. Jogou no CFZ, depois foi campeão brasiliense pelo Gama. Parou na Itália, atuando na segunda e terceira divisões. Quando viu que não realizaria o sonho de atuar num grande clube, resolveu mudar e tentar a sorte em sua outra grande paixão, a arte de representar.

Paralelamente a isso, para se manter financeiramente, fez trabalhos como modelo. A vida mudou. Participou de campanhas publicitárias até ser chamado para a versão italiana da Dança dos Famosos. Com mais visibilidade, comecou a fazer pequenos trabalhos como ator até trocar Milão por Lisboa. 

 - Aqui é muito bom. Gosto muito da comida, do clima, das pessoas, me receberam muito bem.  Eles gostam muito de brasileiros. E aqui em Belém eu adoro comer o famoso e original pastel de Belém.

Reconhecido nas ruas e nos restaurantes - durante a reportagem, fez foto com garçom e tudo -, Bruno arrancou suspiros das portuguesas em "Ouro verde" e, mais recentemente, "A única mulher". Agora, arruma as malas para voltar ao Brasil como celebridade.