Ex-jogador do Vasco destaca feitos de Jorge Jesus e dispara: “Não discuto nacionalidade, discuto ideias”

Ex-jogador do Vasco destaca feitos de Jorge Jesus e dispara: “Não discuto nacionalidade, discuto ideias”

O técnico Jorge Jesus chegou ao Flamengo durante a pausa para a Copa América. À época, o Rubro-Negro ocupava a terceira posição do Brasileirão, com oito pontos a menos que o líder. Atualmente, a seis rodadas do fim, o Fla é líder isolado, com dez pontos de vantagem, além de ser finalista da Libertadores. Tamanho sucesso tem sido diretamente atrelado ao treinador, e o ex-jogador Pedrinho, ídolo do Vasco, deixou a rivalidade de lado para falar do treinador.

Durante análise realizada no programa “Seleção”, da emissora SporTV, Pedrinho reconheceu o papel da diretoria do Flamengo na formação do plantel, destacando a qualidade dos atletas disponíveis no elenco, mas salientou que, não fossem as ideias do Mister, o Fla não teria tal rendimento e nem todos os jogadores seriam tão bem aproveitados.

– O Flamengo contratou Diego, Everton Ribeiro e Arrascaeta. Tem Gabigol, Gerson, Arão… O clube foi contratando jogadores bons, e pegou um treinador que consegue colocar todos em campo. Eu não discuto nacionalidade, eu discuto ideias. Se você pega outro treinador, que não tem a ideia do Jorge Jesus, ele não jogaria com o Arão de primeiro volante, nem com o Gerson de segundo. Nunca jogaria com Gerson, Arrascaeta e Everton Ribeiro juntos -, declarou o comentarista.

Na sequência, ele reforçou a ideia, dizendo que os jogadores no atual elenco rubro-negro têm tendência a atacar, e a tática do treinador se encaixa com as peças disponíveis: “O Flamengo só joga assim porque a ideia de jogo dele proporciona que ele fique mais tempo com a bola, então ele pode usar esses jogadores. Se a ideia fosse sem ter a bola, teria que utilizar mais jogadores de contenção”.



Canal no Telegram: Clique aqui e faça parte do nosso canal para receber todas as notícias em primeira mão.