Flamengo  RJ
menu
search

Festa no Maracanã! Flamengo faz bonito em retorno do público, amassa o Grêmio e se garante na semi da Copa do Brasil

15 de setembro de 2021 às 23:30h
Festa no Maracanã! Flamengo faz bonito em retorno do público, amassa o Grêmio e se garante na semi da Copa do Brasil

Por: Paula Mattos

Flamengo e Grêmio entraram em campo na noite desta quarta-feira (15), às 21h30 (horário de Brasília), no Maracanã, em jogo válido pela volta das quartas de final da Copa do Brasil. Com Rodrigo Caio de volta (após mais de 50 dias), o Mengo foi com a força máxima disponível em busca de uma vitória para garantir a classificação. Com dois gols de Pedro, o Mengo venceu o Grêmio por 2 a 0 (6 a 0 no agregado) e carimbou o passaporte para a semifinal.

O JOGO:

O primeiro tempo começou devagar, com as duas equipes se estudando e tentando encontrar as melhores formas de buscar o gol. No entanto, com a vantagem de 4 a 0 para o Flamengo, o Grêmio, que nitidamente ‘jogou a toalha’ pelo resultado, veio a campo para criar confusão e deixou a bola em segundo plano.

A melhor chance do Grêmio na partida foi aos 17 minutos. Jhonata Robert foi lançado, mas Matheuzinho atento e com muita força física, chegou para bloquear e recuperar a bola para o Flamengo, que teve a oportunidade de responder aos 23. Andreas cobrou falta de longe e direto para o gol, mas parou na defesa de Brenno.

O Flamengo, como de costume, ditava o ritmo o jogo, mas esbarrava na agressividade do adversário. E foi aos 31 que o Mengo teve realmente uma grande chance. Michael lançou Gabigol, que furou na primeira oportunidade. Na segunda, o atacante voltou a tentar, mas foi travado pela defesa Tricolor.

Aos 40 minutos, Michael botou o Rafinha pra dançar e chutou rasteiro, para quase abrir o marcador, mas Kannemann cortou. Pouco depois, Vitinho cobrou escanteio na área e Rodrigo Caio desviou de cabeça. Gabigol se esticou todo para tentar alcançar, mas não conseguiu mandar pro gol.

Na tentativa de neutralizar o Flamengo, o Grêmio usava e abusava das faltas, e a postura agressiva do Tricolor escancarou a falta de preparo da arbitragem para um jogo deste tamanho. O juiz Rodolpho Toski Marques não conseguiu controlar a partida e, ao invés de aplicar a regra, preferiu conversar, gerando confusão em grande parte do duelo e impedindo o andamento do confronto. A bola praticamente não rolou.

A arbitragem foi tão questionada – pelos dois lados – que Gabigol precisou se manifestar e pedir jogo, visto que a partida não acontecia e tinha MUITA conversa. Fim de papo no primeiro com 0 a 0 no marcador e clima quente.

Sem alterações para o segundo tempo, o Flamengo veio bastante agressivo e teve uma grande chance no primeiro minuto, com Gabigol. O atacante ganhou da defesa adversária e saiu na cara do goleiro, mas a arbitragem assinalou toque de mão.

Ligado no 220, o Mengo bagunçou área do Grêmio e Gabigol sofreu um pênalti de Kannemann. O juiz Toski Marques não assinalou e o VAR não interveio. Tudo errado com a arbitragem.

Aos 10 minutos, Rafinha trabalhou bem com Borja, que deu para Jhonata Robert. O atacante limpou a marcação e mandou pro gol, mas Gabriel Batista fez uma EXCELENTE defesa. Na sequência, quase gol do Mengo. Gabigol lançou uma LINDA bola para Michael, mas o camisa 19 errou a finalização.

Aos 14, substituição dupla no Flamengo: saíram Vitinho e Gabigol (que reclamou muito), para as entradas de Lázaro e Pedro. E na sequência, mais um erro de arbitragem.. Na marca do escanteio e de frente para o bandeirinha, Andreas impediu que a bola saíssel, mas assinalaram bola fora e deram lateral para o Grêmio.

Aos 26 minutos, um gol claríssimo perdido pelo Flamengo. Everton Ribeiro comandou a jogada, trabalhou com Matheuzinho, que devolveu. Ribeiro bateu cruzado e sobrou para Pedro apenas estufar as redes, mas o atacante perdeu. Na sequência, mais duas alterações: saíram Rodrigo Caio e Renê e entraram Gustavo Henrique e Ramon.

Logo depois, mais um gol feito desperdiçado. Everton Ribeiro cruzou na área, Pedro ajeitou no peito e tentou a bicicleta, mas mandou para fora. SERIA UM GOLAÇO! Na jogada, Rodrigues desviou com a mão. Pênalti claro e jogada para cartão. Desta vez, o VAR chamou. E Toski Marques acertou a primeira na partida, assinalando a penalidade.

Aos 33 minutos, GOL DO FLAMENGO! Até que enfim. Com direito a paradinha, Pedro bateu firme e estufou as redes de Brenno. Flamengo 1 a 0 Grêmio (5 a 0 no agregado). Logo após o gol, Renato Gaúcho fez a última substituição e tirou Thiago Maia para a entrada de João Gomes. Sem tirar o pé, o Fla teve boa chance aos 40. Michael recebeu de Everton Ribeiro e finalizou, mas a bola explodiu na trave.

Na sequência, GOL DO FLAMENGO! Pedro serviu a Everton Ribeiro, que acertou a trave. A bola voltou nos pés do atacante, que empurrou para o fundo das redes. 2 a 0 Mengo (6 a 0) no agregado. Sem mais, fim de papo no Maracanã.

 

Publicado em colunadofla.com