• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Filipe Luís e Thiago Maia estão pendurados na Libertadores; em caso de cartão, atletas desfalcam nas oitavas

Após uma goleada histórica em cima do Corinthians, o Flamengo virou a chave com foco total na Libertadores da América. O atual campeão entra em campo pela competição continental nesta quarta-feira (21), contra o Junior Barranquilla. A partida está marcada para às 21h30 (horário de Brasília), no Maracanã. O Rubro-Negro já está classificado às oitavas de final, no entanto, um empate simples garante a primeira colocação no Grupo A. De olho na continuidade do campeonato, o clube carioca possui alguns jogadores que podem ficar fora do primeiro jogo da próxima fase.

O Flamengo tem dois jogadores pendurados e, se tomarem cartão amarelo, ficam fora do jogo de ida das oitavas de final. Filipe Luís e Thiago Maia são os atletas que correm o risco, porém, devido à maratona de jogos vivida pelo Rubro-Negro, é possível que o lateral e o volante sejam poupados desta partida. Isso porque, o técnico Domènec Torrent disse, em entrevista coletiva, que haverá mudanças no time principal e o Mais Querido deve ser escalado com uma equipe alternativa.

De acordo com o regulamento da Conmebol, os cartões amarelos da fase de grupos são zerados com o início das oitavas de final. Assim, caso Thiago Maia e Filipe Luís, não entrem em campo e/ou não sejam punidos, os jogadores estarão ‘livres’ novamente, visto que a contagem é finalizada. Ou seja, caso não haja expulsão, o Flamengo não tem nenhuma outra preocupação para a continuidade da competição e poderá contar com todos os atletas para o início da próxima fase.

Como dito, Filipe Luís e Thiago Maia podem ser poupados por Domènec. O lateral esquerdo, com exceção da partida contra o Red Bull Bragantino, autuou como titular nos últimos cinco jogos, cerca de 436 minutos em campo. Assim como o volante, que já foi poupado uma vez contra o Athletico Paranaense, mas vem de uma sequência de titularidade há um mês, foram oito jogos e 691 minutos com o Manto Sagrado. Além deles, é possível que o treinador catalão poupe outros jogadores que participaram dessa maratona insana de jogos do Flamengo.

Publicado em colunadofla.com.