Fla planejou vencer 75% dos Estaduais, 35% dos torneios nacionais e 15% dos internacionais entre 2017 e 2021

Fla planejou vencer 75% dos Estaduais, 35% dos torneios nacionais e 15% dos internacionais entre 2017 e 2021

Em seu plano de metas, a gestão encabeçada por Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Flamengo, projetou a conquista de muitos títulos, em diversas proporções, entre as temporadas de 2017 e 2021. No percentual apresentado, continha 75% dos Estaduais, 35% dos torneios nacionais e 15% dos internacionais. Até então, os números estão abaixo do esperado, conforme levantamento feito pelo site da ESPN.

A única taça levantada durante o período foi o Campeonato Carioca de 2017, diante do Fluminense, colocando a meta dos Estaduais em 50%. Quanto às demais possibilidades de título, o Fla está com 0% cumprido. No ano passado, passou perto de contribuir para o aumento desse percentual, mas foi vice-campeão da Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana.

Descartando o Brasileirão deste ano, que tem o Palmeiras disparado na liderança, o Rubro-Negro precisaria de um desempenho sensacional nos próximos anos para atingir a meta traçada até 2021. Para bater o percentual, teria que conquistar quatro títulos nacionais, de 10 que serão disputados, e duas Libertadores ou Sul-Americana. Com eleições marcadas para dezembro, pode ser que a missão fique para outra gestão.