• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Flamengo chega a 11 conquistas na gestão Landim e tem mais títulos do que campeonatos perdidos

Por Tulio Rodrigues

Eleito em 2018, Rodolfo Landim caminha para último ano do seu mandato em 2021. No futebol profissional, o saldo é extremamente positivo. Com a promessa de levar para as quatro linhas o sucesso financeiro e administrativo, a nova direção chegou fazendo grandes investimentos em 2019. Em quase três anos, já são mais títulos conquistados do que campeonatos perdidos.

Apoie o Mengão! Camisa e outros produtos oficiais em promoção

Dos 17 torneios disputados desde 2019, foram 11 conquistas: Flórida Cup 2019, Taça Rio 2019, Estadual 2019, Brasileirão 2019, Libertadores 2019, Supercopa 2020, Recopa Sul-Americana 2020, Taça Guanabara 2020, Estadual 2020, Brasileirão 2020 e Supercopa 2021. O Flamengo só não conquistou a Taça Guanabara em 2019, Copa do Brasil 2019, Mundial 2019, Taça Rio 2020, Copa do Brasil 2020 e Libertadores 2020.

CONFIRA O RAIO-X COM TODAS AS COMPETIÇÕES:

Para completar o currículo de Rodolfo Landim, pelo menos entre as principais conquistas nacionais, falta ainda a Copa do Brasil. Justamente a maior conquista do seu antecessor na presidência do Mais Querido, Eduardo Bandeira de Mello, que levantou o caneco em 2013. Com gestão de maior sucesso nas finanças e na parte administrativa, o antigo mandatário sofria com falta de resultados expressivos no futebol.

Após a conquista do bicampeonato da Supercopa do Brasil neste domingo (11), Rodolfo Landim pode aumentar ainda mais esses números. Com a equipe já classificada no Carioca, haverá a chance de conquistar o tricampeonato. Ainda tem a Libertadores, que se inicia na próxima terça (20), contra o Vélez Sarsfield, na Argentina e o Campeonato Brasileiro, outro torneio com possibilidade de ser conquistado pela terceira vez.

Através de um comunicado dos grupos políticos de apoio, Landim confirmou que irá tentar a reeleição para comandar o Flamengo por mais três anos. Já há outros dois pré-candidatos. Marco Aurélio Assef e Walter Monteiro. Com tantas conquistas no futebol, a hegemonia do futebol brasileiro e a conquista da Libertadores 38 anos depois, o atual presidente é favorito ao pleito marcado para ser realizado em dezembro deste ano.

Publicado em colunadofla.com.