• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • OCTACAMPEÃO BRASILEIRO

Flamengo completa oito jogos com elenco alternativo na temporada

A vantagem por seis gols de diferença, construída no jogo de ida da Copa do Brasil, fez com que o Flamengo optasse por utilizar um plantel alternativo nesta quinta-feira (05) – poupando os principais nomes para os próximos desafios do ano. Esta será a oitava vez na temporada que o clube recorre a nomes do banco e garotos da base em compromissos agendados pelo profissional.

Entre o primeiro compromisso da temporada, vitória por 1 a 0 sobre o Nova Iguaçu, e o sexto, empate por 1 a 1 com o Boavista, o Flamengo foi a campo apenas com garotos da base – visto que o elenco principal estava de férias após conquistar o octacampeonato brasileiro. Maurício Souza foi o técnico responsável pelos primeiros quatro triunfos, um empate e um revés de 2021.

O Flamengo, já sob o comando de Rogério Ceni, voltou a utilizar peças alternativas no empate em 2 a 2 com a Portuguesa, em abril de 2021. Pedro foi o autor dos dois gols rubro-negros na partida válida pelo Campeonato Carioca. À época, o ex-treinador da Gávea optou por poupar o plantel principal visto que era o último compromisso do Mais Querido antes de estrear na Libertadores da América, na Argentina.

Agora com Renato Gaúcho à frente, a decisão se deu justamente por mais um tempo de trabalho e desgaste físico de alguns atletas fundamentais para boa fase do Flamengo. Assim, o Mais Querido será comandado por Marcelo Salles, o Fera, e auxiliado por Maurício Souza. O duelo classificatório acontece nesta quinta-feira (05), às 21h30 (horário de Brasília).

Publicado em colunadofla.com.