• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Flamengo entra com processo contra Carlos Augusto Montenegro, dirigente do Botafogo

Nesta segunda-feira (28), o Flamengo entrou com um processo contra Carlos Augusto Montenegro, dirigente do Botafogo. Na ação, o Mais Querido cobra R$ 20 mil de indenização por uma entrevista concedida pelo conselheiro do Alvinegro. O caso está em andamento na 9ª Vara Cível do Rio de Janeiro.

Conforme divulgado pelo jornalista Ancelmo Gois, o processo corre sobre uma afirmação de Montenegro, na época em que se discutia o retorno do futebol no Brasil. Em entrevista ao Globo Esporte, o dirigente disse: “não sei se as pessoas estão sendo irresponsáveis, homicidas ou se não estão regulando bem. O futebol não é atividade essencial”.

Ainda segundo o jornalista, o Flamengo justifica que “é utilizado por profissionais irresponsáveis, como forma de buscar destaque, visto que qualquer matéria sobre o Clube gera grande repercussão”, e que “pessoas acabam por proferir ofensas e acusações graves como forma de garantir seus ’15 minutos de fama'”.

Além disso, o Rubro-Negro completa que “sempre esteve alinhado em seus posicionamentos com as autoridades governamentais e as determinações da área de saúde” e diz que a afirmação de Carlos Augusto sobre o interesse Rubro-negro em retomar os treinos seria “falsa”.

Publicado em colunadofla.com.