Flamengo pretende economizar mais de R$ 30 milhões com a saída de 5 jogadores

Flamengo pretende economizar mais de R$ 30 milhões com a saída de 5 jogadores

A torcida do ​Flamengo se orgulha de ter participado da reestruturação do clube nos últimos anos. Diferentemente da última década, hoje, o Mengão paga em dia e é sonho de consumo de qualquer jogador de alto nível. Não à toa, o Rubro-Negro conseguiu contratar recentemente atletas como Arrascaeta e Gabigol. O Mais Querido do Brasil gastou mais de R$ 130 milhões em novas contratações desde janeiro.

FBL-BRAZIL-CARIOCA-FLAMENGO-VASCO

Mas, como acontece com todos os clubes do Brasil, o Fla vai precisar negociar alguns atletas que estão no elenco para equilibrar o fluxo de caixa. Com isso, a diretoria flamenguista colocou cinco jogadores na lista de negociáveis e pretende liberá-los no meio do ano: os laterais Pará e Rodinei, o centroavante Fernando Uribe, o goleiro Thiago e o zagueiro Rhodolfo. Os citados são jogadores que não farão partes dos planos do clube carioca no segundo semestre.

Conseguindo negociar esses cinco jogadores, o clube terá uma economia milionária de aproximadamente R$ 31.590.000 milhões. Para chegar nesse valor, a redação da Futmarketing separou os salários de cada atleta e o tempo de contrato, sem contar com o décimo terceiro. Rodinei recebe algo em torno de R$ 250 mil e tem contrato até dezembro de 2022 (economia de R$ 250 mil). Rhodolfo recebe 300 mil e tem contrato até dezembro de 2019 (economia de R$ 1,8 milhão). Pará recebe cerca de R$ 200 mil mensais e tem vínculo até o final do ano (economia de R$ 1,2 milhão). O Fla gasta com Uribe todo mês R$ 600 mil e assinou contrato até dezembro 2021 (deixará de gastar R$ 18 milhões). O goleiro Thiago tem vencimentos salariais de R$ 15 mil (terá economia de R$ 90 mil.

Aliviar a folha salarial fará com que o time da Gávea contrate alguns jogadores que deseja no mercado. Rafinha (lateral-direito), Filipe Luís (lateral-esquerdo), Gil (zagueiro), Thiago Maia (volante). Diferentemente do começo do ano, também irá priorizar saídas de jogadores para depois pensar em realizar grandes investimentos. Com tudo, o Fla ainda continuará com um elenco forte e um dos mais qualificados do Brasil.