Flamengo realiza 10º encontro de Embaixadas e Consulados na Gávea; vice da pasta detalha projeto

Flamengo realiza 10º encontro de Embaixadas e Consulados na Gávea; vice da pasta detalha projeto

Por: Marvin Machado

A Gávea recebeu mais uma vez, no último sábado (09), o encontro anual de Embaixadas e Consulados do Flamengo. O evento contou com as presenças do vice da pasta, Maurício Gomes de Mattos, do presidente Rodolfo Landim e dos ex-jogadores do Rubro-Negro, Peu e Obina.

Dentre os principais momentos da 10ª edição do evento, pode-se destacar o reconhecimento da Fla-Portugal como a maior embaixada fora do Brasil. Por sua vez, o documento “TOP 2” foi entregue à Fla-Miami, a segunda maior do exterior.

Quer AJUDAR O MENGÃO e ter mais facilidade para adquirir seu ingresso? Abra sua conta e faça o depósito inicial para ativar!

Quem conta mais detalhes sobre o evento é o vice da pasta, Maurício Gomes de Mattos, que trabalha em prol das Embaixadas e Consulados desde a gestão de Eduardo Bandeira de Mello, antecessor do atual mandatário, Rodolfo Landim.

Foi um evento fantástico, com a presença do Obina e do Peu. O auditório estava lotado. Explicamos os avanços no projeto e a perspectiva para o ano que vem. Após isso, tivemos a diplomação de vários consulados que viraram embaixadas. Ainda teremos uma nova confraternização, já que foi dividida em duas por conta da final da Libertadores -, disse o vice-presidente ao Coluna do Fla.

Ainda em contato com a reportagem, Maurício Gomes de Mattos explicou as bases envolvidas no projeto e a sua importância para a internacionalização da marca ‘Flamengo’. Cabe lembrar que este ano houve a criação da vice-presidência de embaixadas e consulados do clube.

O projeto visa a internacionalização do Flamengo e o seu reforço nacionalmente. Ele apresenta um tripé. O primeiro é básico e primordial para ingresso ao projeto, que é ser sócio-torcedor off-rio. Com cinco ST’s off-rio, se torna um Consulado da Nação, tendo um link direto com a diretoria do Flamengo. O segundo é a capitação de jovens atletas para o futebol do Flamengo. O clube já recebeu mais de 120 jovens indicados por nossas embaixadas e consulados, tudo a custo zero para o Flamengo -, explicou o VP, destacando o último ponto:

O terceiro e último, o mais importante do tripé, é a responsabilidade social. Nós temos sete datas obrigatórias, como Natal solidário, páscoa, semana contra a poluição e doação de sangue, além de todos os outros eventos de bem ao próximo. O Flamengo apoia e participa desses eventos, entrando em comum acordo com a vice-presidência de responsabilidade social e cidadania. Todos os pré-jogos que fazemos, junto das embaixadas e consultados, geram gêneros alimentícios para instituições de caridade.

Por fim, o vice-presidente ressaltou que o Rubro-Negro não arca financeiramente com todo o projeto e destacou que o lucro adquirido pelo clube se torna intangível.

O Flamengo não se envolve financeiramente, a não ser com estrutura e parceria com suas embaixadas e consulados. É tudo pelo Flamengo e nada do Flamengo! É um projeto sensacional. Hoje, com os sócios-torcedores e mais toda a parte de responsabilidade social, o lucro do Flamengo é muito grande, intangível -, completou.

Confira mais imagens do 10º Encontro de Embaixadas e Consulados da Nação:

*Fotos: Paula Reis / Flamengo



Canal no Telegram: Clique aqui e faça parte do nosso canal para receber todas as notícias em primeira mão.